Partido NOVO elege diretoria já focando nas eleições municipais
27 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Partido NOVO elege diretoria já focando nas eleições municipais

Sigla vai participar do pleito com 20 candidatos à Câmara Municipal de Manaus (CMM) e tem a intenção de lançar nome próprio para a prefeitura

Partido NOVO elege diretoria já focando nas eleições municipais

O Partido NOVO tem uma nova diretoria municipal em Manaus, aclamada no sábado, 29. Foram eleitos Hélio Fábio Reis como presidente, Leonardo Barreto como vice-presidente e secretário de Assuntos Institucionais e Legais, Cidarta Souza como secretário Administrativo e Rodolfo Bentes como secretário Financeiro.

O grupo que irá atuar no biênio 2020–2022 submeteu-se a um processo seletivo que iniciou com a avaliação individual dos postulantes.

“Os nomes assim como os currículos dos interessados em compor o diretório municipal foram encaminhados para os diretórios estadual e nacional. Após a anuência, a chapa foi apresentada na convenção deste sábado para que os filiados de Manaus se manifestassem”, explicou o presidente Hélio Fábio.

 

Partido Novo elege nova diretoria já focando nas eleições municipais

 

Os nomes dos dirigentes foram aprovados por unanimidade pelos 126 filiados que estavam aptos a votar.

Conforme as regras do partido que é contra a utilização do Fundo Partidário, os filiados devem contribuir com uma mensalidade mínima de R$ 31,14 para custear as atividades operacionais.

Somente os adimplentes com o pagamento da taxa tiveram direito ao voto.

Dos 62 municípios amazonenses, Manaus é a primeira cidade a contar com um diretório municipal do Partido NOVO.

Segundo os organizadores, a capital foi a pioneira, mas não deverá ser a única a contar com diretório. “Entre nossas propostas de trabalho está a ampliação do número de diretórios no Estado. Iremos realizar ações para divulgar a sigla a fim de que os amazonenses conheçam o trabalho do NOVO e seus mandatários que estão espalhados por todo o País”, pontuou o presidente.

Eleições 2020

Mesmo sendo jovem, o partido estará presente nas eleições municipais de Manaus deste ano.

Participam do processo seletivo para o legislativo 20 postulantes.

Caso sejam aprovados nas três etapas exigidas pelo diretório nacional, esses filiados irão concorrer para vereador pelo NOVO nas eleições de 2020.

O Partido Novo anunciou, em janeiro, a escolha do nome do engenheiro e empresário do segmento da construção civil, Romero Reis, como seu pré-candidato para a disputa da prefeitura de Manaus.

Romero foi escolhido após participar de um processo seletivo interno que analisou a biografia dos pré-candidatos e requisitos como capacidade de gestão e conhecimento da máquina pública.

Na última etapa do processo, os pré-candidatos tiveram que apresentar um diagnóstico de problemas e soluções para a cidade.

Durante a seleção, entre os principais pontos defendidos por Romero estão a criação de uma guarda municipal treinada e armada; projetos para planejamento e mobilidade urbana; incentivos para expansão de saneamento básico, saúde e educação; modernização da máquina pública, além de estímulo para o empreendedorismo.

 

Leia mais

 

Podemos Amazonas veta alianças partidárias com PSC e PRTB

 

Partido Novo

 

O Partido Novo foi fundado em fevereiro de 2011, mas teve seu registro definitivo autorizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em novembro de 2015.

Desde o primeiro pleito em 2016, seus representantes estabeleceram como principais bandeiras de campanha o fim do “fundão” para custear campanhas eleitorais e o fim dos privilégios para políticos.

Em 4 anos de mandato, a bancada do NOVO estima economizar cerca de R$ 148 milhões para os cofres públicos com a recusa de receber auxílio-moradia, auxílio mudança, reembolso de gastos com a saúde, aposentadoria especial, automóvel público com motorista pago com o valor dos impostos arrecadados da população brasileira.

Se o exemplo dos políticos do NOVO de abrir mão dos benefícios fosse seguido pelos demais parlamentares, o Brasil economizaria cerca de R$ 5,7 bilhões.

O partido defende que o orçamento do governo de todas as esferas do poder (Município, Estado e União) deve ser investido em setores vitais para resguardar o bem-estar do cidadão como segurança, saúde, educação, infraestrutura e geração de empregos a partir do apoio a constituição e consolidação de empresas.

 

Veja também

Página do partido

 

(*) com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading