MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Rodoviários paralisam ônibus e cobram indenização da empresa Açaí Transportes

Segundo os rodoviários, a indenização, o FGTS e o INSS estão atrasados há três meses, desde que foram demitidos pela empresa
Camila Duarte – Portal AM1
• Publicado em 27 de setembro de 2021 – 13:14
Foto: Antônio Mendes

MANAUS, AM – Rodoviários da empresa Açaí Transportes paralisaram os ônibus próximo ao Terminal 1, na avenida Constantino Nery, zona Centro-Sul de Manaus, na manhã desta segunda-feira (27). Além da paralisação dos transportes, o funcionários carregavam cartazes e cobravam a indenização da empresa, que está atrasada há três meses.

De acordo com os manifestantes, a empresa faliu e teve que despedir parte do quadro de funcionários. No entanto, eles não foram indenizados, além de não terem acesso ao FGTS e estarem com o INSS atrasado.

Os funcionários chegaram a pedir ajuda do prefeito David Almeida (Avante), mas até o momento, a solicitação não foi atendida. “O prefeito disse que ia nos ajudar, mas já se passaram três meses”, comentou a cobradora Edinéia Sampaio.

Leia mais: Transformador pega fogo próximo a posto de gasolina em Manaus; assista

Foto: Antônio Mendes / Portal AM1

A cobradora ainda contou ao Portal Amazonas 1 que a empresa já começou o processo de venda dos veículos, mas até o momento, não foi feito o pagamento de indenização dos funcionários demitidos.

Ainda de acordo com ela, são quase 400 funcionários que não receberam a indenização, e precisam do dinheiro para sobreviver. “Estamos aqui lutando pelo o que é nosso de direito”, ressaltou.

Um manifestante ainda afirmou que os rodoviários chegaram a solicitar auxílio do ex-prefeito Arthur Neto (PSDB) para melhorias na classe, além de pedirem ajuda do atual prefeito de Manaus para o pagamento da indenização.

Leia mais: Contrato nem terminou e Pauderney amarra novo gasto milionário com Dantas Transporte

“Caso o prefeito não entrar em acordo ou então, se não entrar em contato conosco, vamos continuar lutando pelos nossos direitos!”, disse.

O diretor de transporte do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Edinaldo Castro, afirmou que a prioridade, neste momento, é desobstruir a via para que o trânsito possa fluir normalmente na avenida, além de evitar uma nova paralisação.

Foto: Antônio Mendes / Portal AM1

Em relação ao pedido dos rodoviários, o agente do IMMU destacou que “as autoridades responsáveis tomarão as medidas necessárias para que haja uma solução”. Agentes do IMMU estiveram no local para organizar o trânsito na região.

Nas redes sociais, a última publicação da empresa foi em 10 de julho, em que emitiu um comunicado informando sobre o atendimento aos funcionários que quisessem realizar acordo rescisório ou iniciarem o processo para receber o INSS. O Portal Amazonas 1 tentou contato com a Açaí Transportes, mas até a publicação desta matéria, não obteve retorno.

Veja a reportagem: facebook.com/portalamazonas1

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap