MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Rodrigo Guedes quer convocar envolvidos no escândalo do Residencial Manauara

Vereador quer que os gestores e ex-servidores da Prefeitura de Manaus, envolvidos no escândalo dos apartamentos populares, prestem depoimento na CMM
Da redação – Portal AM1
• Publicado em 26 de agosto de 2021 – 11:36
Guedes disse que não estava ciente do 'megaferiado' na CMM
Foto: Divulgação

Manaus, AM – O vereador Rodrigo Guedes (PSC) pediu, por meio do requerimento legislativo nº 058/2021, a convocação do vice-presidente de Habitação e Assuntos Fundiários (Vpreshaf), do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Renato Queiroz, e dos seis ex-servidores da Prefeitura de Manaus para prestarem depoimento sobre a contemplação irregular de apartamentos do Residencial Cidadão Manauara II.

O vereador pretende cruzar informações e depoimentos e se necessário fazer acareações.

“Vou continuar fiscalizando e investigando, cumprindo meu dever, por isso apresentei os requerimentos de convocação dos envolvidos no escândalo dos apartamentos, da Prefeitura de Manaus. Esse requerimento precisa ser aprovado pelos vereadores e será votado no plenário, pedirei regime de urgência. Ou o prefeito está sendo conivente, ou está admitindo incompetência. Quer dizer que qualquer um frauda o sistema? Qualquer informação declarada não passa por um filtro para verificar a veracidade? Vamos investigar o que ocorreu de fato”, afirmou.

Leia mais: Rodrigo Guedes questiona David Almeida: conivente ou incompetente?

Além do requerimento, Guedes apresentou denúncia à Polícia Federal, ao Tribunal de Contas da União (TCU) e à Controladoria-Geral da União (CGU), para que haja uma investigação precisa sobre o assunto.

Entre os envolvidos, estão parentes por afinidade do prefeito David Almeida (Avante). O vereador pediu ainda o afastamento de Queiroz, por meio de uma indicação à Prefeitura de Manaus, que também será votada na Câmara Municipal de Manaus.

Leia mais: Tias e prima da filha de David ‘ganham’ emprego e apartamento da prefeitura

“Fiz a denúncia para a Polícia Federal, Tribunal de Contas da União e Controladoria Geral da União por se tratar de verba federal. Quero a verdade e quem estiver mentindo, omitindo ou protegendo tem que ser punido. Quero um pente fino em todo esse processo. Moralidade na administração pública, já”, destacou.

(*) Com informações da assessoria

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap