Subsecretário da Semsa é exonerado após tomar 2ª dose da vacina contra covid-19 - Amazonas1
22 de abril de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Subsecretário da Semsa é exonerado após tomar 2ª dose da vacina contra covid-19

A informação consta em um decreto assinado pelo prefeito David Almeida (Avante) nessa segunda-feira (1º)

Subsecretário da Semsa é exonerado após tomar 2ª dose da vacina contra covid-19
Foto: reprodução

Envolvido no escândalo da lista de ‘fura-fila’ na vacinação de covid-19 em Manaus, o subsecretário de Gestão da Saúde, Luis Cláudio de Lima Cruz foi exonerado da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), de acordo com decreto assinado pelo prefeito David Almeida (Avante), nessa segunda-feira (1º).

No site Imuniza Manaus, que permite acompanhar a vacinação na capital, aparece o nome de Luis Cláudio como tendo finalizado a imunização, nesta terça-feira (2). Ele recebeu a primeira dose no dia 19 de janeiro, logo no primeiro dia de vacina. A aplicação foi feita na Unidade Básica de Saúde (UBS) Santos Dumont.

Quase um mês depois, o então gestor foi alvo de pedido de afastamento por parte de órgãos de controle do estado por suposta irregularidade na vacinação. Além dele, a secretária de Saúde Shádia Fraxe e o secretário de Limpeza Pública (Semulsp), Sabá Reis foram incluídos nas representações junto ao Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) por também tomarem a 1º dose. O pedido de afastamento dos secretários das suas funções públicas foi de 60 dias.

Leia mais: TCE recebe pedido de afastamento de Shadia Fraxe e Sabá Reis da Prefeitura de Manaus

O Portal AM1 acionou a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom) para questionar o motivo da exoneração de Luis Cláudio do cargo, logo após ter tomado as duas doses da Coronavac e aguarda retorno.

Mais exonerações

No mês passado, as “irmãs Lins”, Gabrielle e Isabelle Kirk Lins, além de David Dallas, filho do ex-deputado estadual Wanderley Dallas (SD), também foram exonerados da Semsa. Os três médicos recém-formados teriam pedido exoneração de seus cargos comissionados.

O trio tomou a segunda dose da vacina, mas a Prefeitura de Manaus negou qualquer irregularidade na vacinação, mesmo não estando no grupo prioritário de trabalhadores da saúde que atuam no combate à covid-19.

Leia mais: ‘Irmãs Lins’ e David Dallas são exonerados após tomarem 2ª dose da vacina contra covid-19

 

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]