MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Uma visão partidária após condução política em Manaus

A vida sempre nos proporciona oportunidades e experiências, as mais duras e marcantes ficam retratadas naquelas que vivemos pessoalmente
• Publicado em 07 de abril de 2021 – 22:09
Foto: Reprodução

De Momento e visão de vida como Cidadão, que ama Manaus e o Amazonas, fiquei indignado com a condução política daqueles que ocuparam ou que ocupam cargos públicos, tanto no Poder Executivo: prefeitos e governadores, quanto no Poder Legislativo. Para contribuir com a mudança, graças à Deus, só existe um caminho no regime democrático que vivemos, através do voto. Esta foi a razão de ter me candidatado na eleição passada ao cargo de prefeito de Manaus, formulando um Plano de Governo capaz de inserir nossa capital entre as 10 melhores cidades brasileiras para se viver e trabalhar.

Me filiei ao partido NOVO, por ser o único partido que respeita o cidadão, que defende o contribuinte. No NOVO, a igualdade impera, todos podem se manifestar, não existem caciques. Políticos profissionais, aqueles que não largam os cargos, permanecendo por até décadas no poder, não são permitidos. O partido considera aceitável no máximo uma reeleição. Mais tempo na cadeira e com a caneta para decidir na mão representa um risco para a democracia.

A alternância é saudável para oxigenar ideias e impedir a continuidade de erros. E quem deseja ascender a uma posição política por meio deste partido, que trabalha o conceito da política na essência, não pode pensar em utilizar o dinheiro do povo em campanha. Recurso público é do trabalhador, é do empresário, que suaram para ganhar e pagar os impostos, sendo justo que somente estes se beneficiem destas verbas por meio de obras e serviços coletivos. Os escabrosos e escandalosos Fundo Partidário e Fundo Eleitoral devem ser banidos por não contribuírem com o bem-estar, estando apenas a serviço de interesses pessoais de poder.

O NOVO defende as liberdades de expressão, o livre mercado, o fim das estatais, que historicamente constituíram um ambiente favorável à corrupção; combate diretamente a ineficiência, que muitas vezes advém de apadrinhamentos e nepotismo. Bem, poderia escrever um livro aqui das virtudes do Partido NOVO, mas resumo tudo através da conduta de nossos parlamentares, em especial os Deputados Federais, que sempre defendem, em primeiro lugar, o interesse maior do Brasil.

A vida sempre nos proporciona oportunidades e experiências. As mais duras e marcantes ficam retratadas naquelas que vivemos pessoalmente, como foi o caso da última eleição. Tinha consciência do mecanismo perverso e doentio que rege a disputa eleitoral. A participação no pleito reforçou o que já sabia e confirmei após várias pedras no caminho: sem alianças saudáveis, sem candidatos inspiradores, sem recursos financeiros legítimos e legais, sem militância e estratégia, não é possível tornar a política um instrumento de transformação da sociedade que merecemos. Os políticos, em sua grande maioria, usam todas as armas possíveis sejam imaginárias, imorais e até ilegais para se perpetuar nos mandatos infindáveis.

No último sábado, participei de evento promovido pelo Movimento Direita Amazonas, e aqui registro o que penso: não defendo pessoas, mas princípios, valores, em especial: Deus, Pátria, Família, Prosperidade Fruto de Trabalho, Livre Mercado, Desburocratização, Enxugamento da Máquina Pública. A moralidade é a única alternativa para que os recursos públicos sejam canalizados para investimentos nas áreas principais: educação, saúde e infraestrutura.

Tenho a lucidez de que sem trabalho, vendas e produção, não há solução. O combate à pandemia passa por garantir o pão ao povo que tem fome e ao apoio às medidas necessárias contra a COVID-19: uso de máscara, fim de aglomerações e VACINAÇÃO, fundamental para preservarmos a vida e fortalecermos a economia.

Princípios estes que transcendem questões partidárias ou bandeiras egocêntricas. Questões usadas por muitos para atacar ou desconstruir pessoas em prol de projetos próprios e sem visar o coletivo.

Sou um ser humano simples, que adora a Deus e a vida; que sonha e quer ver nossa Manaus e o Amazonas entre os melhores lugares do mundo; que pensa, e usa sua liberdade de expressão como filiado ao partido NOVO. Que defende o que é correto e critica o que estiver em desacordo com o bem-estar coletivo. A bandeira brasileira sempre será verde e amarela!

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap