Manaus, 25 de junho de 2024
×
Manaus, 25 de junho de 2024

Cidades

Vereador Gedeão propõe a implantação do Programa ‘Pequeno Agricultor’ em Manaus

Vereador Gedeão propõe a implantação do Programa ‘Pequeno Agricultor’ em Manaus

A proposta atinge as estratégias do Plano Municipal de Educação do município de Manaus (Foto:Tiago Corrêa)

 

A proposta atinge as estratégias do Plano Municipal de Educação do município de Manaus (Foto:Tiago Corrêa)

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) passou a analisar, a partir desta semana, o Programa “Pequeno Agricultor”, que visa incentivar e conscientizar as crianças sobre a importância da permanência do homem na zona rural com base no desenvolvimento sustentável. A proposta foi protocolizada na CMM pelo vereador Professor Gedeão Amorim (PMDB) por meio da Indicação 317/2017 e será avaliada pela Mesa Diretora da Casa, nos próximos dias.

De acordo com o parlamentar, os estímulos urbanos que os jovens têm acesso, diariamente, o afastam da vida no campo. Ele disse que o atual currículo escolar  precisa passar por adequações sobre as questões relacionadas á área rural com vistas, também, à importância da produção dos alimentos básicos. “Se não houver um incentivo diferenciado ao jovem sobre o trabalho rural, a atividade acabará sendo abandonada. o que poderá gerar um aumento de desocupados na área urbana da capital”, disse.

A importância do meio rural e das atividades produzidas nele foi defendido pelo vereador em sua justificativa do Programa “Pequeno Agricultor”. “A criança do meio rural deve ser valorizada pela importância que esta atividade oferece para nossa sobrevivência. Com o frequente abandono dos jovens sobre as questões relacionadas ao campo,  entende-se que não basta apenas a origem e o aprendizado em família, a motivação deve ter uma continuidade na escola e nas primeiras séries do Ensino Fundamental”, explica Amorim.

Ainda segundo Gedeão Amorim, a diferenciação de currículo escolar, de acordo com a realidade do meio em que o estudante está inserido, é fundamental para sua formação enquanto conhecedor do seu ambiente. O vereador, que atuou em sua vida profissional por mais de 20 anos em salas de aula, concluiu que, ao ter no currículo escolar do Município, um ensinamento diferenciado entre a zona urbana e rural nas matérias,  o Poder Executivo estará diretamente atendendo as diversas realidades da cidade.

Plano Municipal de Educação

A proposta também atinge as estratégias do Plano Municipal de Educação do município de Manaus, inclusas no anexo único da Lei N° 2.000 de 24 de junho de 2015, que diz que se deve “criar programas, em âmbito municipal, de educação e de cultura para a população urbana e do campo, na faixa etária de quinze a dezessete anos, em regime de colaboração entre os entes federados, para a qualificação social e profissional daqueles que estejam fora da escola e com defasagem no fluxo escolar”.

Como sugestão de conteúdos programáticos, o projeto indica questões como a conservação do solo e da água, uso adequado de agrotóxicos, visando a proteção de recursos naturais e do meio ambiente, a segurança do trabalhador rural e a qualidade dos produtos agrícolas.  Além disso a viabilidade da permanência do meio rural, para que as crianças, desde a idade escolar, entendam sua importância e responsabilidade social.