Weintraub diz que Bolsonaro ‘soltou a franga’ por apoio do Centrão: ‘é como um homossexual’

O ex-aliado de Bolsonaro ainda afirmou que não acredita mais no presidente e destacou que ele é uma pessoa desonesta que mentiu para o Brasil
Da Redação – Portal AM1
Publicado em 26/07/2022 14:43
Foto: Reprodução

Brasília – Sem papas na língua, o ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou as redes sociais para criticar o ex-aliado, o presidente Jair Bolsonaro (PL). De acordo com Weintraub, ele não confia mais no presidente e afirmou que ele é desonesto e se juntou aos porcos.

As falas ocorreram em uma transmissão ao vivo no último domingo (24), na qual ele afirmou que o chefe da República “mentiu” para os brasileiros. “Eu não acredito mais na honestidade do presidente Bolsonaro. […] Eu acho que o presidente Bolsonaro mentiu para a gente, está mentindo e ele vai continuar mentindo. E vou falar aqui com todas as palavras: eu acho que o presidente Bolsonaro é uma pessoa desonesta”, iniciou.

Leia mais: Vídeo mostra evento com Lula onde poeta ameaça Bolsonaro: ‘o povo lá sabe dar facada’

Weintraub ainda questionou as novas alianças de Bolsonaro, que tem firmado parceria com o ex-presidente Fernando Collor. “Se você estiver num chiqueiro, você não vai encontrar ganso; você vai encontrar porco. O presidente Bolsonaro podia ter escolhido vários caminhos, ele escolheu o caminho do chiqueiro. Se ele escolheu o caminho do chiqueiro, ele é porco. Não tem outra explicação pra isso”, atacou.

O ex-aliado do presidente ainda classificou o recente apoio como uma “saída do armário”, expressão usada sobre assumir a homossexualidade. De acordo com ele, Bolsonaro não tem “uma pessoa decente” para receber apoio.

“Ele é uma pessoa desonesta. E por que que ele não foi desonesto no passado? Não teve oportunidade. O que ele podia ser desonesto no passado não era o suficiente pra ele sair do armário. É como um cara que é homossexual, mas só aparecia bofe feio. Aí apareceu o Brad Pitt e o cara soltou a franga”, afirmou.

(*) Com informações do Metrópoles

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS