Manaus, 29 de maio de 2024
×
Manaus, 29 de maio de 2024

Cenário

‘Abraçado com o sistema’, disparam eleitores de direita sobre Coronel Menezes apoiar Cidade

Vídeo de Coronel Menezes ao lado de Roberto Cidade não agradou parte dos eleitores de direita, que dispararam diversas críticas contra o pré-candidato a vereador.

‘Abraçado com o sistema’, disparam eleitores de direita sobre Coronel Menezes apoiar Cidade

(Foto: Reprodução/Instagram/Coronel Menezes)

Manaus (AM) – A ida de Coronel Menezes (PP) para o grupo político de Wilson Lima (UB), com Roberto Cidade (UB) como pré-candidato a prefeito de Manaus, não tem agradado, em geral, os eleitores da direita, que apontam que o militar da reserva se vendeu ao sistema e ajoelhou no milho.

Os eleitores de direita, que simpatizam com Coronel Menezes, acreditam que o pré-candidato a vereador se queimou nitidamente por abraçar o sistema e fazer oposição a um candidato indicado por Bolsonaro.

O público conservador e de direita se refere a Roberto Cidade, que não é o escolhido por Bolsonaro para disputar a Prefeitura de Manaus.

Em suas redes sociais, Coronel Menezes publicou um vídeo ao lado de Roberto Cidade com a seguinte mensagem: “reunido hoje com nosso pré-candidato a prefeito de Manaus, Roberto Cidade, e com nosso apóstolo Teté. Quero agradecer ao apóstolo por estar conosco nessa caminhada, em busca de um futuro melhor para nossa cidade”.

A reação dos apoiadores de Menezes foi imediata e de forma negativa.

Veja:

Coronel Menezes

(Foto: Reprodução/Instagram/Coronel Menezes)

“Depois desse vídeo, você se queimou, pelo menos comigo. Não pelo apóstolo, mas por nitidamente te ver abraçado com o sistema. Também não sou apoiador do Alberto, mas fazer oposição ao candidato indicado pelo Bolsonaro, aí também já é demais. Ajoelhou no milho!”, disparou um dos seguidores de Menezes.

Outro seguidor comentou: “vergonha um homem que era de Deus se vender ao sistema”.

Em resposta aos seguidores, Menezes diz haver engano nos comentários, não se vendeu ao sistema e explica que, hoje, faz parte de uma aliança partidária oposta a de Capitão Alberto Neto.

(Foto: Reprodução/Instagram/Coronel Menezes)

Bolsonaro abençoou Capitão Alberto Neto na disputa pela Prefeitura. Apesar do apoio do ex-presidente, Alberto Neto ainda enfrenta resistência com o seu público, que não o vê com boas chances de vencer a disputa.

Exemplo disso foi o evento de lançamento de sua pré-candidatura, no dia 3 de maio deste ano, na Arena Amadeu Teixeira. O local não foi completamente ocupado pelos apoiadores, com vários espaços vazios na pista e nas arquibancadas, mesmo com a presença de Bolsonaro no evento.

O que chamou atenção foi que Menezes não recepcionou Bolsonaro no aeroporto, nem participou da programação do ex-presidente na capital, como carreata e eventos políticos. Bolsonaro precisou ser internado com uma infecção na pele, mas nem isso fez com que Menezes fosse visitar o compadre no hospital.

O Portal AM1 procurou Menezes e o questionou, por meio de sua assessoria, se ele se surpreende com as opiniões do público em relação ao seu atual grupo político e qual a sua visão sobre o significado dos comentários. No entanto, até a publicação desta matéria, não houve respostas.

 

LEIA MAIS: