Manaus, 13 de junho de 2024
×
Manaus, 13 de junho de 2024

Cenário

Alberto Neto volta à igreja de Valdemiro Santiago para receber orações

Na ocasião, o político foi convidado a estar no altar, mas não quis usar o púlpito para falar com os fiéis, sendo que neste período de pré-campanha, todo cuidado é pouco para os pré-candidatos, que ainda não podem pedir votos.

Alberto Neto volta à igreja de Valdemiro Santiago para receber orações

(Foto: Reprodução/Redes sociais - @capitaoalbertoneto)

Manaus (AM) – O pré-candidato a prefeito de Manaus, deputado federal Capitão Alberto Neto (PL), voltou à Igreja Mundial do Poder de Deus, neste domingo (26), para receber bênçãos divinas por sua pré-campanha em menos de quinze dias, mas desta vez, em Manaus.

Alberto Neto esteve na sede da denominação evangélica, em São Paulo, no dia 13 deste mês, acompanhado de outros políticos, sendo abençoado pelo apóstolo Valdemiro Santiago.

Já em Manaus, o escolhido do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) estava acompanhado por um pré-candidato a vereador, que também recebeu orações do bispo Thiago Ciano, dirigente da igreja na capital do Amazonas.

Na ocasião, o político foi convidado a estar no altar, mas não quis usar o púlpito para falar com os fiéis; pois neste período de pré-campanha, todo cuidado é pouco para os pré-candidatos, que ainda não podem pedir votos, e usar o púlpito de uma igreja ou outros templos religiosos é proibido pela Justiça Eleitoral.

Assista:

Buscando todo apoio possível, Alberto Neto já esteve em outras duas igrejas em Manaus neste mês e no mesmo dia. A primeira, no Ministério Internacional da Restauração (MIR), onde também foi abençoado pelo apóstolo Renê Terra Nova, e a segunda, na Nova Igreja Batista, localizada na zona Norte de Manaus.

Nesta última, o político não subiu ao púlpito e nem recebeu orações, somente compartilhou uma foto ao lado do pastor Davi e do vereador Raiff Matos (PL), o qual é congregado ao templo religioso.

Por enquanto, o deputado federal é o único que se movimenta entre os templos religiosos, mas os outros pré-candidatos tendem a seguir o mesmo rumo com a proximidade das eleições municipais que ocorrem em outubro e elegerá o novo prefeito de Manaus.

 

LEIA MAIS: