US - R$ 4,16

×

Deputados do AM cobram abertura da CPI dos combustíveis

Na terça-feira (19), cinco postos de combustíveis em Manaus foram autuados após diversas denúncias de aumento dos valores

Os deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) aguardam o deferimento de abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Combustível no Amazonas. Na terça-feira (19), cinco postos de combustíveis em Manaus foram autuados após diversas denúncias de aumento dos valores.

De acordo com o Programa Estadual de Proteção e Orientação ao Consumidor do Estado do Amazonas (Procon-AM), o valor da gasolina passou de R$ 3,99 para uma média de R$ 4,49. Segundo informações do órgão, haverá fiscalização nos postos, mesmo tendo um aumento por parte da empresa petrolífera. Desde o final do mês de fevereiro, o Procon Manaus pede que seja feita uma investigação a respeito do aumento dos combustíveis em Manaus.

O aumento aconteceu após a Petrobras elevar o preço médio da gasolina em suas refinarias na terça-feira, 19. (divulgação)

 

Na Assembleia Legislativa do Amazonas o deputado estadual, Álvaro Campelo (PP), autor do requerimento, afirmou que a instalação da CPI é importante para a população entender o que está acontecendo. “Nós precisamos dar uma resposta à população e aos consumidores do estado do Amazonas sobre essa situação que é insustentável. O aumento da gasolina nos postos é considerado abusivo. Parabenizo o Procon que já tomou medidas necessárias de começar a fazer a autuação por abusividade” disse o parlamentar.

O deputado Dermilson Chagas (PP), o segundo a assinar a CPI, afirma que é necessária a instalação urgentemente. “Já cobrei várias vezes na tribuna, e também pessoalmente, do presidente Josué Neto e vou continuar cobrando para que instale o mais rápido possível. O povo do Amazonas precisa saber por que custa tão alto o preço da gasolina. Essa é uma pauta que hoje está afetando milhões de pessoas do estado do Amazonas” afirmou.

Preços

O aumento aconteceu após a Petrobras elevar o preço médio da gasolina em suas refinarias na terça-feira, 19. O valor do litro subirá 0,5%, de R$ 1,8235 para R$ 1,8326, segundo informou a estatal em seu site.

Leia também:Procon multa postos de gasolina após aumento de combustível
Petrobras eleva em 0,5% preço da gasolina nas refinarias nesta terça-feira
Prefeitura pretende gastar R$ 8 mi em duas escolas e R$ 2 mi em gasolina

Para o deputado Wilker Barreto (PHS), o aumento trata-se de cartel. “A CPI está com as assinaturas necessárias, é isso que questionamos: aumento repentino e casadinho. Isso soa, pra mim, como cartel. Eles não erram nem a vírgula, nem uma casa decimal. Então isso é preocupante e afeta diretamente o bolso da população” declarou.

No dia 26 de fevereiro deste ano a CPI alcançou o número de assinaturas suficientes para ser instalada na Assembleia.

Faça um comentário