MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Apoiadores de Bolsonaro se organizam para motociata do presidente em Manaus

Movimentos de direita se preparam para realizar a motociata com a presença do presidente Bolsonaro no próximo dia 17
Camila Duarte – Portal AM1*
• Publicado em 06 de julho de 2021 – 12:09
Foto: Reprodução

MANAUS, AM – O presidente da República, Jair Bolsonaro, vem a Manaus para participar da tradicional “motociata” nos dias 16 e 1 7 de julho e seus apoiadores já estão em contagem regressiva. É a primeira vez que a capital amazonense realiza o evento com a presença do presidente, que deve começar o evento às 8h30, passando pelas principais ruas de Manaus.

Para realizar a motociata, os apoiadores do presidente se uniram com os motoclubes de Manaus. O objetivo é prestar apoio ao trabalho que está sendo realizado pelo governo federal. De acordo com o líder e fundador do Movimento Conservador Amazonas, Sérgio Kruke, o evento conta com a junção dos movimentos de direita de Manaus, que devem acompanhar a chegada de Bolsonaro, na sexta-feira e seguir o presidente até o momento do embarque de volta a Brasília no dia seguinte.

“Os Movimentos Conservadores se uniram para fazer um ato bem patriótico. Temos um boneco inflável do presidente com 10 metros de altura, único no Brasil, que estará na chegada do presidente no aeroporto, além de algumas surpresas que preparamos”, explicou.

Leia mais: Bolsonaro comemora entrega de 13,5 mi de doses de vacinas: ‘recorde’

As visitas de Bolsonaro a Manaus são marcadas pelo acolhimento dos apoiadores. Desta vez, a chegada do presidente na capital não será diferente. Vestidos de verde e amarelo, os membros dos movimentos devem demonstrar a aprovação ao governo Bolsonaro com gestos, que terá como ponto alto a motociata.

Sendo uma das principais cidades onde presidente recebe apoio, Manaus é mais uma capital a receber a grande manifestação pró-Bolsonaro. Em abril, o presidente Bolsonaro recebeu o título de Cidadão Amazonense durante a visita a Manaus. “Esse título é um reconhecimento da grande maioria da Assembleia Legislativa, da parceria que tem o governo federal como Estado do Amazonas e com a cidade de Manaus, a qual nós devemos lealdade absoluta”, disse o executivo na ocasião.

Foto: Presidência

As ações do presidente agradam boa parte da população no Amazonas. A pesquisa mais recente feita sobre a aprovação do governo Bolsonaro, a região Norte liderou os dados como a região do Brasil que mais é a favor do trabalho do governo federal. Apesar de não acreditar em pesquisas, o próprio presidente e seus apoiadores acreditam na força dessa região para um novo mandato de Bolsonaro.

“O povo amazonense é muito acolhedor, e isso se reflete também na área política, Bolsonaro está realizando um sonho nosso que é a revitalização da BR-319, além de muitas outras obras no Estado, é uma sinalização que ele também tem apreço pelo caboclo amazonense, e essa demonstração de apreço mútuo será mostrada na vinda dele novamente, onde será recebido com grande festa”, comentou o líder do movimento.

A motociata

De acordo com Sérgio Kruke, a estimativa é de que 100 mil pessoas participem do evento. Em Manaus, o movimento lançou a marca “Mitoqueiro”, uma junção da palavra motoqueiro com “mito”, apelido popular do presidente Bolsonaro.

Os participantes da motociata em Manaus ainda concorrerão a brindes da marca, como sorteio de camisas, máscaras de proteção e canecas personalizadas. Apesar do número de habitantes na capital ser inferior às outras capitais que realizaram o evento, Sérgio afirma que o evento em Manaus será “proporcionalmente o maior”.

Leia mais: ‘Não há nenhum fato que justifique’, diz Lira sobre pedidos de impeachment
Foto: Reprodução / Instagram

A saída da motociata será em frente ao Sistema de Proteção da Amazônia, na avenida do Turismo, zona oeste de Manaus, bairro Compensa. Os apoiadores devem percorrer a estrada da Turismo e da Ponta Negra. Além disso, os veículos passarão pela Ponte Rio Negro e seguirão pela Avenida Brasil, bairro Compensa. O destino final da motociata é o Teatro Amazonas, no Largo de São Sebastião, bairro Centro, zona sul.

Para o líder do movimento, as manifestações de apoio ao presidente são feitas com satisfação. “Muito trabalho, mas é satisfatório realizar um projeto desse porte para que nosso presidente se sinta bem-vindo ao nosso Estado e o povo possa demonstrar o carinho e apoio a ele através desse evento”, declarou.

Eleições 2022

Mesmo com a tentativa de envolver o presidente Jair Bolsonaro em escândalos de corrupção, a popularidade do executivo em Manaus continua em alta. O líder do Movimento Conservador Amazonas conta que os apoiadores já sabiam que os ataques ao presidente iriam ocorrer em algum determinado momento do mandato. Porém, o que pegou todos de surpresa foram as “traições” de parlamentares que usaram a imagem de Bolsonaro para conseguirem ser eleitos.

Leia mais: ‘Não vejo problema’, afirma Mourão sobre voto impresso em 2022

No cenário das eleições de 2022, o presidente Bolsonaro ainda conta com o voto dos apoiadores em Manaus. Sérgio afirmou que o executivo estenderá o mandato até 2026, porém, o movimento é a favor do voto impresso para garantir a vitória do parlamentar. “Com o voto impresso e auditável, vamos ter, no mínimo, 60% dos votos em Manaus”, comentou.

Para o cargo de governador do Amazonas, o Movimento Conservador Amazonas aposta no ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. O nome do general foi lançado pelo próprio presidente Bolsonaro durante a última visita em Manaus. No entanto, Pazuello negou que tenha interesse em comandar o Estado.

Foto: Márcio Silva / Portal AM1*

Mesmo negando a pré-candidatura, o general tem amparo de apoiadores do presidente. Recentemente, a possível candidatura de Pazuello estampou outdoors nas vias de Manaus.

Para os demais cargos, o líder do movimento afirmou que os integrantes apoiarão candidatos que fazem parte do Movimento e descartou apoio para capitães e delegados.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap