MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Após prisão de Jefferson, PTB anuncia apoio incondicional a Bolsonaro

Jefferson foi preso após determinação do ministro do STF, por suspeita de envolvimento com uma milícia digital contra a democracia
Da Redação – Portal Amazonas 1*
• Publicado em 15 de agosto de 2021 – 18:00
Foto: Divulgação

BRASÍLIA (DF) – Após ser preso, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson pediu que a sigla manifestasse apoio incondicional ao presidente, Jair Bolsonaro (sem partido). O anúncio foi feito pela vice-presidente do partido, Graciela Nienov.

Em sua conta no Twitter, Graziela anunciou que durante a prisão de Jefferson ela, enquanto “leoa conservadora” e vice do PTB, ficará encarregada de comandar o partido.

“Quero aqui, em nome do PTB, agradecer o apoio enviado pelo nosso presidente Bolsonaro e seus aliados. Recebemos centenas de mensagens em solidariedade a Roberto Jefferson, que, emocionado destacou a importância de sua amizade com o presidente. A única coisa que Roberto Jeffeson me pediu, nesse curto tempo que estarei tocando os trabalhos do PTB, foi o apoio incondicional ao nosso presidente Bolsonaro. E assim farei, com toda minha garra de leoa conservadora”, escreveu.

Leia mais: Roberto Jefferson pede a Alexandre de Moraes para cumprir prisão em casa

Jefferson foi preso após determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, por suspeita de envolvimento com uma milícia digital contra a democracia. Durante sua audiência de custódia, no último sábado (14), ele pediu que sua prisão fosse convertida em domiciliar por causa de problemas de saúde.

Na audiência, também alegou ter cerca de R$ 6 mil em conta corrente, não possuir aplicações e nem poupança. No entanto, ele recebe R$ 46 mil por mês de duas fontes: a aposentadoria da Câmara dos Deputados e uma espécie de salário do PTB.

*Com informações do UOL

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap