MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Bolsonaro anuncia ‘auxílio diesel’ só para caminhoneiros

Presidente afirmou que o auxílio diesel deve beneficiar 750 mil caminhoneiros; diesel já acumula alta de 37,99% no ano de 2021
Da Redação – Portal AM1*
• Publicado em 21 de outubro de 2021 – 15:46
diesel
Foto: Isac Nóbrega/PR

BRASÍLIA, DF – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou a criação de um “auxílio diesel” para caminhoneiros autônomos. Bolsonaro fez o anúncio durante visita ao município de Sertânia (PE), nesta quinta-feira (21), onde inaugurou o Ramal do Agreste, que integra a transposição do rio São Francisco.

Segundo o presidente, o auxílio vai servir para recompor o valor do combustível, beneficiando cerca de 750 mil profissionais. No entanto, a origem dos recursos ainda não foi apresentada. A categoria integra a base oficial de apoio a Bolsonaro.

“Vamos atender principalmente os caminhoneiros autônomos. Os números devem ser apresentados nos próximos dias”, afirmou o presidente.

Leia mais: Preço do diesel sofre reajuste a partir desta quarta-feira

Bolsonaro ainda disse que os momentos são difíceis, “mas não deixaremos ninguém para trás”. “Faremos isso porque é através deles que as mercadorias e alimentos chegam aos quatro cantos do país”, salientou.

O diesel já cresceu 0,3% nas últimas semanas, com o preço médio passando de R$ 4,961 para R$ 4,976, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Em 2021, a alta já acumula 37,99% nas bombas.

O mercado não tem reagido bem às declarações sobre criação de um novo auxílio por parte do governo federal, principalmente do auxílio diesel. Prova disso foi a disparada do dólar para acima de R$ 5,60 na última quarta-feira (20), com o anúncio de Paulo Guedes que a criação do Auxílio Brasil – que vai substituir o Bolsa Família – romperia o teto de gastos do governo.

(*) Com informações do Metrópoles.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap