Manaus, 29 de maio de 2024
×
Manaus, 29 de maio de 2024

Prefeita de Presidente Figueiredo gasta mais de R$ 29,9 milhões com aluguel de máquinas e caminhões

Prefeita de Presidente Figueiredo gasta mais de R$ 29,9 milhões com aluguel de máquinas e caminhões

PRESIDENTE FIGUEIREDO, AM – Em dois anos, em dois contratos diferentes com uma única empresa, a prefeita de Presidente Figueiredo, Patrícia Lopes, pagará mais R$ 29,9 milhões em recursos públicos para o aluguel de máquinas pesadas e caminhões.

A contratada é a empresa HSX Engenharia e Construções Ltda, uma empresa de pequeno porte localizada em Manaus, no bairro Tarumã.

A empresa é de Higor Leonardo de Lima Nery e tem como atividade principal serviços de engenharia, além das outras mais de 30 atividades secundárias.

Em novembro de 2021, a HSX Engenharia e Construções Ltda venceu um pregão presencial e assinou contrato com a Prefeitura para “prestação de serviços de locação de máquinas pesadas e caminhões com operador, manutenção e sem combustível”.

Na época, pelos serviços, a empresa receberia R$ 9.500.981,76.

O contrato era vigente por 12 meses e venceu em novembro deste ano, exatamente no período em que a HSX Engenharia e Construções Ltda venceu outro pregão presencial realizado pela Prefeitura de Presidente Figueiredo para prestação do serviço de locação de máquinas pesadas e caminhões, com operador, manutenção e sem combustível.

Leia mais: Comando de Patrícia Lopes em Figueiredo é marcado por gastos milionários e irregularidades

A contratação que até 2021 era de R$9,5 milhões saltou para R$ 20.449.520,64.

O extrato da nova contratação foi publicado no Diário Oficial dos Municípios (DOM) e não especifica onde as máquinas e caminhões serão empregados e nem justifica o aumento do valor à mesma empresa.

Gestão de problemática

Desde 2021, a gestão de Patrícia Lopes vem se envolvendo em polêmicas por conta do uso de recursos públicos.

Em agosto do ano passado, por exemplo, a prefeita contratou o serviço de coleta de lixo por quase R$ 10 milhões. Um dos donos da empresa vencedora da licitação é Sérgio Bringel, empresário que foi preso em 2018 por envolvimento na Operação Maus Caminhos.

Em junho do mesmo ano, a prefeita Patrícia Lopes resolveu contratar uma empresa com dispensa de licitação e, ao mesmo tempo, tornar o representante legal da empresa, Marden Eufrasio dos Santos, em secretário municipal de Planejamento e Finanças na Prefeitura do município.

Leia mais: Prefeita de Figueiredo, Patrícia Lopes é ameaçada nas redes sociais

A contratação da empresa Acdtech Assessoria em Gestão Empresarial LTDA-ME foi feita pela Secretaria de Planejamento e Finanças (Semplaf), no valor de R$16.500, mesma secretaria em que Marden se tornou gestor logo após a homologação do contrato, em 15 de janeiro.

Já em maio, a prefeita publicou documento que visa contratação de outra empresa, por R$ 477 mil, apenas para realizar o serviço de transmissão on-line da Live Cultural das Cachoeiras. Veja os documentos referentes à contração no fim da matéria.

Auxílio irregular

Também em 2021, a gestão de Patrícia Lopes esteve envolvida no escândalo de desvio de auxílios emergenciais na Prefeitura de Presidente Figueiredo.

Por conta da fraude, a titular da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semasc), Eleíta Almeida dos Santos acabou sendo exonerada do cargo.