Manaus, 24 de fevereiro de 2024
×
Manaus, 24 de fevereiro de 2024

Cenário

CMM vai pagar quase R$ 1 milhão para alimentar vereadores com buffet da Búfalo?

Valor do registro de preços é de R$ 930 mil, mas ao Portal AM1, o presidente da Casa, vereador Caio André, diz que não será pago o montante à churrascaria.

CMM vai pagar quase R$ 1 milhão para alimentar vereadores com buffet da Búfalo?

Buffet contratado pela CMM (Fotos: Arquivo Portal AM1/Reprodução/Redes sociais)

Manaus (AM) – A Câmara Municipal de Manaus (CMM) contratou serviços da Churrascaria Búfalo, situada no bairro Chapada, zona Centro-Sul da capital, por quase R$ 1 milhão. De acordo com o contrato publicado no Diário Oficial da CMM, no dia 29 de dezembro de 2023, a empresa foi selecionada para servir buffet em eventos, festividades e homenagens da Casa legislativa.

Por meio do Pregão n° 011/2023, do processo administrativo 2023.10000.10718.0.003192, o prazo de vigência entre as partes iniciou em 1° de dezembro de 2023 e termina em 30 de novembro de 2024. Sem mais detalhes, o contrato foi assinado pelo presidente da Casa, vereador Caio André (Podemos), e pelo dono da churrascaria, Jian Marcos Dalberto, no dia 1° de dezembro do ano passado.

 

 

O contrato, no entanto, gerou polêmica nessa terça-feira (2), pois de acordo com informações que circularam na imprensa local, alguns vereadores afirmaram que a Casa não utilizou o serviço e os parlamentares tiveram que pagar pelo buffet servido nas atividades especiais realizadas na CMM no mês de dezembro.

Procurado pelo Portal AM1, o vereador Caio André afirmou que “o contrato só terá vigência em 2024, pois o processo licitatório só findou em dezembro, sem que houvesse tempo hábil para ser utilizado no ano passado. “Portanto, o que foi publicado no Diário Oficial da Câmara é somente uma ata de registro de preços”, enfatizou o vereador.

O vereador também afirmou ao Portal AM1 que o montante de R$ 930 mil não deverá ser pago pela Casa, pois deverá ter uma redução de 67,74%.

“A Câmara não deverá contratar e, portanto, pagar, por todo esse valor [R$ 930 mil]! Isso é fato […] na nossa programação a Câmara deverá pagar e contratar somente em torno de R$ 300 mil nesse ano todo!”, afirmou o presidente da Casa.

Caio André, entretanto, não detalhou o porquê de, no contrato, constar o valor de R$ 930 mil, sendo que ele afirma que esse montante não será pago pela Casa legislativa, tampouco explicou se vai ser divulgada uma errata no documento.

A Churrascaria Búfalo também foi procurada pela reportagem, por meio de suas redes sociais, e questionada se o serviço já foi prestado à CMM em 2023 ou se tem data para iniciar em 2024, mas até a publicação desta matéria, os questionamentos não foram respondidos. O espaço segue aberto para posicionamentos.

LEIA MAIS: