Com a 3ª onda batendo à porta, deputado quer ampliar espaço de caminhada na Ponta Negra - Amazonas1
16 de maio de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Com a 3ª onda batendo à porta, deputado quer ampliar espaço de caminhada na Ponta Negra

O pedido do parlamentar à Prefeitura de Manaus ocorre num momento em que a cidade contabiliza mais de 164,4 mil casos confirmados de covid-19 e 8,5 mil óbitos pela doença

Com a 3ª onda batendo à porta, deputado quer ampliar espaço de caminhada na Ponta Negra
Foto: Danilo Mello/ALE/Divulgação

Ainda que o governador Wilson Lima e o secretário de Saúde Marcellus Campêlo tenham emitido sinal de alerta para risco de terceira onda de covid entre maio e junho para o Amazonas, o deputado estadual João Luiz (Republicanos) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta terça-feira (13), para pedir que mais um lado da estrada da Ponta Negra seja destinado às caminhadas da população.

A Praia da Ponta Negra está interditada desde setembro do ano passado, época de gestão do ex-prefeito, Arthur Neto, e assim seguirá pelo menos até o fim de abril, por determinação do prefeito David Almeida. Mas a interdição vale apenas para banho. Principalmente nos finais de semana, muita gente utiliza o local para passeios em família ou individual, causando aglomerações.  Ele defende que assim vai conseguir diminuir as aglomerações, ainda que aumentar o espaço possa atrair mais pessoas para a Ponta Negra.

Leia mais: Ponta Negra permanece interditada até 30 de abril

O pedido do parlamentar ao Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (Implurb), da Prefeitura de Manaus, ocorre num momento em que a cidade contabiliza mais de 164,4 mil casos confirmados de covid-19 e 8,5 mil óbitos pela doença.

Além disso, corre o risco, ainda, de o Amazonas enfrentar uma 3ª onda da covid-19, segundo alertam cientistas locais.

Leia mais: ‘Quer falar mais tempo? Fala no grande expediente!’, diz deputado para colegas na Aleam

De acordo com o deputado João Luiz, o calçadão da Ponta Negra precisa ser ampliado para não haver aglomeração de pessoas. Com a liberação de uma faixa da avenida, as pessoas terão mais espaço para circular e caminhar. Porém, quanto mais incentivo às aglomerações, mais gente contaminada e mais chance de 3ª onda no Amazonas.

“Nós, aqui dessa Casa, já solicitamos ao Instituto Municipal de Mobilidade Urbana a liberação, como era antigamente às quartas-feiras e domingos, uma faixa da Ponta Negra fechada para ampliar mais o espaço e as pessoas terem a sua caminhada livre, mais segura e não ter tanta aglomeração. Porém, foi indeferido o pedido. O Instituto Municipal de Mobilidade Urbana da Prefeitura de Manaus negou, *significa dizendo*  que está a favor da aglomeração”, disse em seu pronunciamento.

Leia mais: Deputado quer prioridade para líderes religiosos na vacinação contra covid-19 no AM

“Esperamos que o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana venha a deferir o pedido que está sendo feito de ampliar a faixa da Ponta Negra, para que, aos domingos pela manhã, as pessoas possam caminhar sem aglomeração no calçadão. Isso é a população que está pedindo. Nós estamos fazendo nossa parte, que é solicitar. Mas o órgão nega. Estamos novamente solicitando”, disse.

João Luiz acredita, ainda, que a medida de aumentar o espaço para as pessoas irem caminhar na Ponta Negra pode influenciar, inclusive, na procura por hospitais na capital: “Tenho certeza que vai diminuir muito lá na ponta com que essas pessoas que vão ocupar os hospitais tanto público quanto particular”, afirmou.

A reportagem procurou a Prefeitura de Manaus para saber se o órgão municipal vai atender ou não ao pedido do deputado. Todavia, não houve retorno até a publicação da matéria.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

[email-subscribers-form id="1"]