Manaus, 21 de junho de 2024
×
Manaus, 21 de junho de 2024

Cenário

Dom Leonardo será homenageado na CMM com o título de Cidadão de Manaus

O Sacerdote sucedeu Dom Sergio Castriani como Arcebispo Metropolitano de Manaus, em 2020. Dois anos depois, o Papa Francisco o anunciou como o primeiro Cardeal da Amazônia.

Dom Leonardo será homenageado na CMM com o título de Cidadão de Manaus

Dom Leonardo Steiner (Foto: Divulgação)

Manaus (AM) – A Câmara Municipal de Manaus (CMM) homenageará no próximo dia 26 de junho o Arcebispo da Arquidiocese de Manaus, Cardeal Dom Leonardo Ulrich Steiner, com o Título de Cidadão de Manaus.

A entrega da honraria ao primeiro Cardeal da Amazônia ocorrerá no plenário Adriano Jorge, na Casa Legislativa.

Segundo o autor da propositura, o vereador Dr. Daniel Vasconcelos (Republicanos), que é presidente da Comissão de Direitos Humanos, Povos Indígenas e Minorias da CMM, a homenagem é um reconhecimento pelos relevantes serviços prestados pelo cardeal à sociedade Manauara em sua valorosa missão evangelizadora e social.

“Temos a graça de ter o primeiro Cardeal da Amazônia em nossa cidade. É uma honra fazer essa homenagem a esse querido pastor, que vem fazendo um belo trabalho, cuidando com zelo, diálogo, amor e responsabilidade as ovelhas que lhes foram confiadas por Deus. Antes mesmo de chegar, ele sempre se mostrou sensível por Manaus e a região, valorizando os Povos Indígenas, a preservação do meio ambiente, com um olhar voltado para os mais humildes”, pontuou Dr. Daniel, que é católico e membro da Pastoral Familiar.

Em demonstrações de conhecimento pastoral, identificação e valorização local, Dom Leonardo Steiner, sendo ligado diretamente ao Papa Francisco pela função de Cardeal, tem influência direta com o Pontífice na escolha dos novos bispos para Arquidiocese de Manaus, indicando padres que nasceram e foram formados aqui.

O cardeal é também um entusiasta do “Laudato Si”, documento que o Vaticano trata sobre a ação evangelizadora na região e presidente do Conselho Indigenista Missionário (Cimi).

Natural de Forquilhinha (SC), Dom Leonardo tem 73 anos, é da Ordem dos Frades Menores (O.F.M). Cursou Filosofia e Teologia em Petrópolis (RJ), sendo ordenado sacerdote em 21 de janeiro de 1978. Como bispo, conduziu a Prelazia de São Félix (MT), foi Auxiliar da Arquidiocese de Brasília e Secretário-geral da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cargo que exerceu por oito anos. O Cardeal é doutor em Filosofia pela Pontifícia Universidade Antonianum de Roma.

Primeiro Cardeal da Amazônia

Dom Leonardo Steiner sucedeu Dom Sergio Eduardo Castriane, como Arcebispo Metropolitano de Manaus, tomando posse em janeiro de 2020.

Dois anos depois, em maio de 2022, o Papa Francisco o anunciou como o primeiro Cardeal da Amazônia. Além da honraria do Título de Cidadão de Manaus, o arcebispo tem o Título de Cidadão do Amazonas, concedido pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

(*) Com informações da assessoria