MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Eduardo Bolsonaro provoca Doria em discurso: ‘vem aqui, calcinha apertada’

Em tom de deboche, o filho do presidente foi ovacionado por apoiadores durante o discurso na manifestação em São Paulo
Da Redação – Portal AM1*
• Publicado em 08 de setembro de 2021 – 15:26
Foto: Reprodução

SÃO PAULO, SP – Durante as manifestações a favor do governo federal em São Paulo, o deputado Eduardo Bolsonaro discursou com provocações ao governador de São Paulo, João Doria, nesta terça-feira (7). O governador paulista e o presidente Jair Bolsonaro se tornaram rivais, após Doria defender a vacina CoronaVac, a qual é criticada por Bolsonaro.

Em tom de deboche, o filho do presidente chamou Doria de “calcinha apertada” e foi ovacionado pelos apoiadores do governo federal. “Vai catar coquinho, calcinha apertada. Vem aqui, calcinha apertada, ver o quanto o povo gosta de você”, disse o deputado.

Leia mais: PSL e DEM repudiam Bolsonaro: ‘se torna imperativo dar um basta’

Além disso, Eduardo Bolsonaro aproveitou para disparar críticas ao ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Com comentários de referência homofóbica, o deputado afirmou que Maia começou a defender as pautas LGBT após começar a trabalhar com João Doria.

“Rodrigo Maia só começou a trabalhar com a pauta LGBT depois de começar a trabalhar com Doria. Esse gordinho nunca me enganou”, comentou. Nos últimos dias, Rodrigo Maia declarou que acredita que o presidente Jair Bolsonaro seja gay, o que foi desmentido pelo próprio presidente que ainda disse que não considera ser gay um crime.

Sem provas, o deputado Eduardo Bolsonaro ainda acusou o governo de São Paulo de ser ligado com organizações criminosas. “O governo de SP negocia com o PCC, a gente sabe disso”, destacou.

Leia mais: Ciro Gomes fala em prosseguir com impeachment de Bolsonaro

“Se eles achavam que iam nos intimidar, o tiro saiu pela culatra. Se acham que temos medo de sermos presos, nós só temos medo de ser escravos desses ratos”, reforçou Bolsonaro.

O filho do presidente ainda disse que a família é perseguida e antidemocráticos, quando na verdades eles [esquerda] são os antidemocráticos. “Temos todo um aparato que foi montado durante 30 anos de governo de esquerda que está sendo usado sem escrúpulos contra nós. Daniel Silveira, Roberto Jefferson, Sara foram presos ou passaram pela prisão. Esses ‘fdp’ nos acusam de ser antidemocráticos quando eles são os antidemocráticos”, declarou.

(*) Com informações do Metrópoles

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap