Após Arthur 'travar na beleza', Menezes questiona sobre orla de Manaus: 'é essa beleza?' - Amazonas1
2 de dezembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Após Arthur ‘travar na beleza’, Menezes questiona sobre orla de Manaus: ‘é essa beleza?’

O prefeito Arthur Neto disse, durante vistoria na obra do Complexo Viário do Manoa, na zona Norte da capital, no último dia 22, que Manaus está 'travando na beleza'

Após Arthur ‘travar na beleza’, Menezes questiona sobre orla de Manaus: ‘é essa beleza?’
Foto: Márcio Silva - Portal Amazonas1

O candidato a prefeito de Manaus, Coronel Alfredo Menezes (Patriota), ironizou e questionou a gíria “trava na beleza”, que dias atrás foi proferida pelo atual prefeito da capital, Arthur Virgílio Neto (PSDB), no contexto de Manaus.

Leia mais: Arthur ‘trava na beleza’ e tenta se modernizar assim como Amazonino e Alfredo

A declaração do tucano ocorreu no último dia 22, durante vistoria da obra do Complexo Viário do Manoa, na zona Norte de Manaus e viralizou nas redes sociais. No vídeo, Arthur diz que Manaus está “travando na beleza”.

Porém, nesta segunda-feira (26), o candidato a prefeito, Coronel Alfredo Menezes, criticou o estado precário em que se encontra a orla de Manaus e disparou: “é essa beleza?”.

https://www.instagram.com/p/CGyniycjanU/

Na publicação em suas redes sociais, o ex-superintendente da Suframa disse, ainda, que a capital amazonense “é vítima de um grupo político que a fez refém, agora você tem a chance de libertá-la, depende de cada um de nós”.

Leia mais: Menezes faz videochamada com Bolsonaro no meio da carreata de campanha

“Manaus é tratada dessa forma! Esse é o cenário da nossa orla, o que deveria ser um LUXO é um LIXO, uma situação inaceitável, verdadeiro absurdo. Essa semana ouvi algo como: “Manaus está travada na beleza”. Eu pergunto: É essa beleza? Nossa cidade é vítima de um grupo político que a fez refém, agora você tem a chance de libertá-la, depende de cada um de nós”.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading