Bolsonaro diz que não apoiará candidatos a prefeito no 1º turno das eleições - Amazonas1
29 de outubro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  32oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Bolsonaro diz que não apoiará candidatos a prefeito no 1º turno das eleições

Em mensagem nas redes sociais, o presidente desejou sorte tanto aos eleitores como aos postulantes e acrescentou que não se filiará a nenhum partido neste ano

Bolsonaro diz que não apoiará candidatos a prefeito no 1º turno das eleições
(Brasília - DF, 19/08/2020) Palavras do Presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Carolina Antunes/PR

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (28) que decidiu não apoiar nenhum candidato a prefeito no primeiro turno das eleições municipais deste ano.

Em mensagem nas redes sociais, o presidente desejou sorte tanto aos eleitores como aos postulantes e acrescentou que não se filiará a nenhum partido neste ano.

Leia mais: Eleições 2020: Chico Preto critica pré-candidatos de direita por sugarem história de Bolsonaro

“Decidi não participar, no primeiro turno, nas eleições para prefeitos em todo o Brasil. Tenho muito trabalho na Presidência da República e, tal atividade, tomaria todo meu tempo em um momento de pandemia e retomada da nossa economia”, ressaltou.

Na quarta-feira (26), o presidente se reuniu com deputados aliados do PSL para discutir a sua volta à legenda. No encontro, no entanto, ele disse que só tomará uma decisão no próximo ano, caso não seja possível viabilizar a criação da Aliança pelo Brasil.

“Em comum acordo, tenho conversado com três partidos para o caso de não se concretizar a tempo o Aliança pelo Brasil. Nessa segunda hipótese, de ambos os lados, se impõe condições para essa filiação. Isso também decidi que somente poderia acontecer em 2021”, disse.

Além do PSL, o presidente avalia ingressar no PTB, do ex-deputado Roberto Jefferson, ou no Republicanos, partido em que estão filiados seus filhos Flávio e Carlos.

Na reunião com o PSL, o presidente disse, segundo parlamentares presentes, que só irá retornar à legenda se forem afastados desafetos políticos, como os deputados federais Joice Hasselmann (SP) e Delegado Waldir (GO).

(*) Com informações do Folhapress

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading