Manaus, 21 de fevereiro de 2024
×
Manaus, 21 de fevereiro de 2024

Manchete

Empresas de ônibus de Manaus denunciam mais de 500 assaltos só neste ano

Empresas de ônibus de Manaus denunciam mais de 500 assaltos só neste ano

Assalto onibus protesto:ABC

Da Redação

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informou, nesta quinta-feira, que durante os meses de janeiro e fevereiro, as dez empresas que operam no transporte público de Manaus registraram 524 assaltos no sistema, uma média de nove por dia. Segundo o Sinetran, o prejuízo já chega a mais de R$ 153,7 mil. No mesmo período do ano passado as concessionárias registraram 366 assaltos.

 Para o presidente do Sinetram, Carmine Furletti, a alternativa para a redução dos crimes é o pagamento da tarifa através dos cartões passafácil. “Acreditamos que tirando o pagamento em dinheiro e passando apenas para os cartões passafácil, reduziremos esse tipo de crime dentro dos coletivos. Em Goiânia e Campo Grande, quando o pagamento da tarifa passou a ser apenas nos cartões, os assaltos reduziram para zero. Esperamos que aqui em Manaus possamos implantar esse modelo e dar um basta nesse tipo de crime”, destaca o presidente.

 O Sinetram também informou que um levantamento feito em parceria com a Secretaria de Segurança Púbica (SSP), no ano passado, apontou que os crimes dentro dos ônivus estão relacionados ao dinheiro nas catracas. O Sindicado informou, ainda, que quem quiser emitir o `cartão cidadão`, para não utilizar moeda, deve se dirigir a um dos postos de atendimento de apresentar o RG e CPF. A emissão da primeira do cartão via é gratuita, a partir da segunda via o usuário paga uma taxa de R$ 15. Os postos de atendimento para emissão do cartão localizados no Terminal 3 e na sede do Sinetram, localizado na avenida Constantino Nery, ao lado do T1, funcionam de segunda a sexta de 7h às 19h. No PAC Alvorada o atendimento é de segunda a sexta de 8h às 17h.