Manaus, 22 de abril de 2024
×
Manaus, 22 de abril de 2024

Economia

Ipaam abre inscrições para capacitação em CAR e Geoprocessamento

Capacitação é voltada para servidores, colaboradores e consultores do setor primário estadual.

Ipaam abre inscrições para capacitação em CAR e Geoprocessamento

(Foto: Divulgação/Ipaam)

Manaus (AM) – O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), por meio de sua Gerência de Controle Agropecuário (Gecap), abriu inscrições para capacitação em Cadastro Ambiental Rural (CAR) e Geoprocessamento.

O curso, que possui uma carga horária de 20h, é voltado a servidores, colaboradores e consultores do setor primário e demais interessados, e será realizado de 22 a 28 de fevereiro, de 08h30 às 12h, em ambiente online.

As inscrições podem ser feitas através do link https://forms.gle/yuFc43Npty1wkqZWA, até 00h desta quarta-feira (21/02).

O Instituto conta com o apoio da Agência de Cooperação Técnica Alemã- GIZ/ Projeto CAR. O objetivo da capacitação é apoiar no processo de retificações e inscrições do cadastro ambiental no meio rural e junto a parceiros governamentais e da sociedade civil, e tem como facilitador o consultor GIZ Miguel Victor Donegá.

A formação terá dois módulos: Legislação e Geoprocessamento, e abordará temas como: Legislação Aplicada ao CAR, Introdução ao Geoprocessamento, Geoprocessamento com QGIS para o CAR, Classificação de Uso e Ocupação do Solo e Utilização do Módulo de Cadastro do CAR.

O CAR

O Cadastro Ambiental Rural é um registro público e eletrônico, obrigatório a todos os imóveis rurais a fim de compor a base de dados para monitoramento, controle, planejamento ambiental e econômico, além de contribuir para o combate ao desmatamento. O registro é obrigatório para a obtenção de crédito rural e a adesão a diversos outros programas governamentais.

Para que Parceiros Governamentais e membros da Sociedade Civil estejam aptos a inscrever e corrigir os cadastros por meio do Sistema Integrado do Cadastro Ambiental Rural (SICAR) é necessário conhecimento acerca da legislação ambiental vigente e domínio dos Sistemas de Informação Geográfica (SIG) para processar e analisar os dados georreferenciados.

(*) Com informações da assessoria

LEIA MAIS: