MENU

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Juiz proíbe prefeitura de Natal de fazer propaganda e orientar uso de ivermectina

A ação solicitava ainda que o prefeito fosse proibido de defender e indicar em entrevistas o uso do vermífugo, mas o pedido foi negado
• Publicado em 07 de maio de 2021 – 18:13
Foto: SECOM Itajaí/Divulgação

BRASÍLIA, DF – O juiz Cícero Martins de Macedo Filho acatou parte de uma ação popular e proibiu a prefeitura de Natal (RN) de fazer propaganda sobre o uso da ivermectina no combate à Covid-19.

Na mesma decisão, o magistrado também mandou retirar de uma nota técnica da Secretaria Municipal de Saúde a orientação para o uso do medicamento no tratamento precoce da doença.

Leia mais: ‘Dia do Desejo’: projeto proporciona bem-estar para pacientes internados com Covid

A ação solicitava ainda que o prefeito Álvaro Dias (PSDB) fosse proibido de defender e indicar em entrevistas o uso do vermífugo, mas esse pedido foi negado.

“O que não pode, ao meu sentir, é haver uma política pública que sem se basear em evidências científicas aceitáveis e razoavelmente consensuais nos dias atuais que recomende esse ou aquele remédio para tratamento da Covid-19”, diz trecho da decisão do juiz.

(*) Com informações Folhapress

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap