Justiça determina que Twitter retire vídeo de conteúdo íntimo do vereador Gabriel Monteiro com adolescente

Decisão é da 1ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso. Em caso de descumprimento, a multa diária é de R$ 30 mil
DA REDAÇÃO – PORTAL AM1
Publicado em 02/04/2022 14:13
Foto: Reprodução

A juíza Claudia Leonor Bobsin, da 1ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso, determinou que o Twitter retire do ar vídeo no qual o vereador do Rio e ex-PM Gabriel Monteiro mantém relações sexuais com adolescente de 15 anos. Em caso de descumprimento da decisão desta sexta-feira (1/4), há multa diária de R$ 30 mil.

O pedido foi feito pelo Ministério Público após as imagens viralizarem. A magistrada estabeleceu ainda que as redes sociais sejam monitoradas e, a cada nova postagem do vídeo, sejam as URLs separadas e retiradas do ar pela empresa.

Leia mais: Daniel Silveira recua, obedece Alexandre de Moraes e sai de tornozeleira da PF

Gabriel Monteiro denunciou o vazamento no vídeo na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes). Ele alegou ainda que tinha a informação de que a adolescente era maior de idade e o sexo havia sido consentido. Outros dois vazamentos de imagens com duas mulheres também estão sendo apurados.

Justiça manda Twitter tirar vídeo de sexo do vereador Gabriel Monteiro com menor
Foto: reprodução

O parlamentar-youtuber é investigado pela Polícia Civil e Ministério Público por assédio sexual e moral contra ex-servidores e por forjar vídeos como denunciou o Fantástico no último dia 27. Na segunda-feira (4/4), membros do Conselho de Ética e Disciplina da Câmara de Vereadores se reúnem com promotores.

O objetivo da Casa é avaliar se já há elementos suficientes para abrir um processo de cassação contra o vereador.

(*) Com informações do Metrópoles

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS