Arcebispo de Manaus manifesta apoio aos professores do AM contra retorno das aulas - Amazonas1

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

27 de setembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Arcebispo de Manaus manifesta apoio aos professores do AM contra retorno das aulas

De acordo com Dom Leonardo Steiner, o momento exige cuidados da sociedade e, do Executivo, diálogo com os profissionais da educação

Arcebispo de Manaus manifesta apoio aos professores do AM contra retorno das aulas
Foto: Reprodução

O arcebispo metropolitano, Dom Leonardo Ulrich Steiner, manifestou, por meio de nota publicada nessa quinta-feira (6), “solidariedade e apoio” aos sindicatos dos Trabalhadores em Educação do Amazonas (Sinteam) e dos Professores e Pedagogos das Escolas Publicas do Ensino Básico de Manaus (Asprom-Sindical), a respeito do retorno das aulas presenciais da rede pública do estado, marcado para a próxima segunda-feira (10).

Os docentes, que vêm discordando da medida tomada pelo governo, declararam que tal decisão é um “decreto genocida e transforma as escolas em verdadeiros abatedouros”.

Dom Leonardo Steiner declarou” que o momento exige da sociedade cuidado, e, do Executivo, diálogo com os profissionais da educação”, alertando para o fato de que o retorno das aulas presenciais representa uma grande ameaça à vida de todos os que compõem a comunidade escolar e de seus familiares.

Leia mais: Sindicatos reagem ao anúncio de retorno das aulas presenciais em Manaus

A categoria afirma que o  Plano de Retorno das aulas presenciais, apresentado pelo governo, não previu as reformas,  testagem em massa dos trabalhadores da Educação e dos alunos, a fim de detectar  possíveis contaminados assintomáticos; além do controle do poder público sobre o transporte coletivo urbano, que é o principal meio de transporte utilizado por professores e alunos.

Leia mais: Aulas presenciais em Manaus serão retomadas nos dias 10 e 24 de agosto

O Governo do Amazonas informou que a volta às salas de aula na rede pública será de maneira gradativa e escalonada em 123 escolas de Manaus, totalizando cerca de 110 mil alunos. Os primeiros que irão retornar, no dia 10 de agosto, são os estudantes do Ensino Médio regular e da modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA). No dia 24 de agosto, retornam os alunos do Ensino Fundamental (anos iniciais e finais).

Leia mais: Professores e técnicos da Seduc-AM serão qualificados para retorno das aulas presenciais

Confira a nota na íntegra:

Reprodução: Facebook

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading