Bolsonaro fará abertura da FesPim em Manaus
A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

6 de junho de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

Presidente Bolsonaro vem a Manaus para abertura do FesPim

O presidente deve chegar na capital amazonense no dia 26 de novembro, para a 1ª Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus (fesPIM)

Presidente Bolsonaro vem a Manaus para abertura do FesPim
Superintendente da Suframa, coronel Menezes e o presidente (foto: divulgação)

A presença do presidente Jair Bolsonaro na abertura da 1ª Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus (fesPIM) foi confirmada na manhã desta terça-feira, 22, pelo superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), Coronel Alfredo Menezes. O evento acontece nos dias 27, 28 e 29 de novembro, no Stúdio 5.

“Estive hoje com o presidente e ele confirmou a ida na Fespim no dia 27 de novembro para fazer a abertura da nossa feira. Essa é a boa notícia”, disse o superintendente.

Menezes faz parte da comitiva de Bolsonaro, que está cumprindo agendas oficiais nos próximos dez dias na Ásia. Ainda de acordo com ele, o presidente deve chegar na capital amazonense no dia 26 de novembro à noite.

A FesPim
A fesPIM ocorrerá entre os dias 27 e 29 de novembro no Studio 5 Centro de Convenções, em Manaus, e tem o intuito de mostrar o potencial sustentável do PIM na geração de emprego e renda e os impactos positivos dessas atividades para a preservação da floresta e geração de tributos para o Brasil. Serão 130 estandes distribuídos em uma estrutura feita com materiais reutilizados, bem como uma programação com palestras, fam trip voltada a potenciais investidores, com realização de visitas a fábricas do Polo, e press trip para jornalistas nacionais e internacionais.
(*) Com informações da assessoria

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias