Mortes em decorrência da covid-19 continuam em queda, diz FVS - Amazonas1
5 de dezembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Mortes em decorrência da covid-19 continuam em queda, diz FVS

Segundo a FVS, as novas transmissões têm ocorrido entre pessoas das classes sociais A e B, principalmente entre jovens de 20 a 49 anos, infectados em atividades recreativas

Mortes em decorrência da covid-19 continuam em queda, diz FVS

Os óbitos por covid-19 em Manaus apresentaram queda de 23% nos 13 primeiros dias de setembro, frente ao mesmo período de agosto, passado de 52 mortes para 40, apontam dados da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM). Na última semana, em Live na página do Governo do Amazonas no Facebook, a presidente do órgão, Rosemary Costa Pinto, alertou a população para os comportamentos de risco, como as aglomerações, que podem resultar em indicadores negativos da doença na capital.

O comparativo de casos da doença em Manaus, no mesmo período, apontou queda 6,4%, passando de 3.152 para 2.950, considerando os 13 primeiros dias deste mês e do anterior.

Leia mais: Fiocruz vai testar eficácia da vacina contra tuberculose para covid-19

Porém, informações do Boletim Epidemiológico da FVS mostram que o número de diagnósticos de Covid-19 na capital, entre os dias 19 e 31 de agosto, e 1 e 13 de setembro, aumentou 10,7%, dado que causa preocupação.

Segundo a FVS, a transmissão tem ocorrido entre pessoas das classes sociais A e B, principalmente entre jovens de 20 a 49 anos, infectados pelo novo coronavírus em atividades recreativas e contaminando, em seguida, pessoas mais velhas em casa e no ambiente de trabalho.

O reflexo disso tem sido o aumento no número de internações na rede privada de Manaus, e de ocupações de leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), uma vez que parte dos pacientes acaba desenvolvendo a forma grave da doença.

Amazonas

No Amazonas, segundo o Boletim FVS, o dado estatístico mostra queda nos casos, tanto de agosto para setembro, quando no comparativo dos primeiros 13 dias deste mês com os últimos 13 do mês anterior.

Entre 1 e 13 de agosto, foram 8862 diagnósticos confirmados. No mesmo período de setembro, 6836, um decréscimo de 22,8%.

Entre 19 e 31 de outubro, foram notificados 7.409. Comparados com os diagnósticos registrados entre 1 e 13 de setembro, a redução foi de 7,7%.

Os óbitos caíram 33,2% entre outubro e setembro (96 e 66, respectivamente). E a análise dos últimos 13 dias para os 13 anteriores, foram 8,3% menores.

 

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading