Maternidade Ana Braga passa a ter entrada exclusiva para grávidas com covid-19 - Amazonas1
4 de março de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Maternidade Ana Braga passa a ter entrada exclusiva para grávidas com covid-19

A maternidade é referência na rede estadual de saúde para grávidas infectadas pelo novo coronavírus e vem se reestruturando para melhorar os serviços

Maternidade Ana Braga passa a ter entrada exclusiva para grávidas com covid-19
Foto: Divulgação

A maternidade Ana Braga, na avenida Cosme Ferreira, zona Leste, está mudando a sua configuração para separar a entrada de grávidas que chegam com sintomas de covid-19 das não covid-19.

A maternidade é referência na rede estadual de saúde para grávidas infectadas pelo novo coronavírus e vem se reestruturando para melhorar os serviços.

Para as grávidas com sintomas respiratórios suspeitos de covid-19, a porta de admissão é a entrada principal. Já a admissão não covid-19 é pelo antigo posto do Hemoam, que foi reformado para a nova finalidade.

A unidade tem, ainda, uma recepção para visitas e acompanhantes na entrada, que faz frente para a  avenida Cosme Ferreira.

Na nova ala não Covid também foram abertos oito novos leitos de pré-parto, consultório médico obstetra e clínico, e sala de medicação ambulatorial para a mulher que chega com a dor do parto, mas ainda não está na hora de ter o bebê.

A recepção da nova admissão não covid-19 possui espaço para 16 pessoas sentadas com distanciamento. Terá painel de chamada, uma inovação. Na porta será feita triagem para saber se a paciente está com sintomas gripais.

Leia mais: Titular da Semsa explica quem não pode tomar a vacina contra covid-19

Caso tenha sintomas gripais, a paciente será encaminhada à Admissão Covid-19, onde será submetida, imediatamente para testes.

A diretora Rose Lôbo destaca que a medida tem como objetivo fazer a segregação dos dois atendimentos. “Vamos ter, de um lado, nosso atendimento Covid-19, com equipe completa de recursos humanos exclusiva, e de outro, o atendimento normal”, disse a diretora.

Segundo ela, foi isolado um lado da maternidade contendo ainda oito leitos Covid-19 de pré-parto. A unidade também está reabrindo um centro cirúrgico exclusivo para Covid-19, com Serviço de Recuperação pós anestésica (SRPA) com três leitos.

O segundo andar da unidade foi isolado com 54 leitos de internação Covid-19, e no primeiro andar serão mais 18 leitos. A unidade reservou ainda 10 leitos de UTI para essa finalidade.

 

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading