MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Mourão diz que segue no governo Bolsonaro ‘até o fim’

Vice teria sido aconselhado a renunciar à função, mas disse que segue até o fim em respeito às pessoas que votaram na chapa liderada por Bolsonaro
Lucas Rodrigues – Portal AM1
• Publicado em 31 de julho de 2021 – 18:37
Mourão
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

BRASÍLIA, DF – O general Hamilton Mourão (PRTB), vice-presidente da República, afirmou em seu perfil no Twitter que segue no governo Jair Bolsonaro (sem partido) “até o fim”. A declaração foi dada neste sábado (31), e vem logo após notícias de que o vice teria sido aconselhado a renunciar ao posto.

Segundo Mourão, desde 2018 ele abordado por pessoas que disseram ter votado na chapa liderada por Bolsonaro por confiarem nele (Mourão). O general foi aconselhado por amigos próximos, de caserna, que renunciasse ao cargo de vice-presidente.

Leia mais: Insatisfeito com Mourão, Bolsonaro diz: ‘vice é igual cunhado, tem de aturar’

“Em respeito a essas pessoas e a mim mesmo, pois nunca abandonei uma missão, não importam as intercorrências, sigo neste governo até o fim.”

A renúncia de Mourão abriria caminho ainda maior para o impeachment do presidente. Sem Mourão para assumir a função em caso de um possível impeachment, o próximo na linha sucessória seria o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-PI).

Relação estremecida

A relação entre vice e presidente está estremecida desde uma declaração dada por Bolsonaro. Segundo o presidente, a relação com Mourão poderia ser comparada à de um cunhado, e que ele teria uma independência “muito grande”.

“O Mourão faz o seu trabalho. Ele tem uma independência muito grande, mas, por vezes, atrapalha um pouco a gente. Mas o vice é igual cunhado: você casa e tem que aturar o cunhado do teu lado. Você não pode mandar o cunhado ir embora”, disse.

O estremecimento das relações entre Bolsonaro e Mourão pode abrir caminho para o presidente escolher um novo candidato a vice na chapa de 2022. Já Mourão não descarta a hipótese de concorrer a um cargo de deputado federal ou senador por seu estado natal, o Rio Grande do Sul.

(*) Com informações da CNN Brasil.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap