MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Pela segunda vez, prefeito de Manaquiri aditiva contrato de quase R$ 5 milhões com a Costaplan

Contrato entre a Costaplan e Manaquiri deveria terminar em janeiro de 2021; empresa é velha conhecida de municípios do interior
Lucas Rodrigues – Portal AM1
• Publicado em 21 de setembro de 2021 – 08:00
Prefeito de Manaquiri renova contrato de R$ 5 milhões para asfaltar ruas
Foto: Reprodução

MANAQUIRI, AM – A Prefeitura de Manaquiri fez um segundo aditivo de prazo para serviços de recapeamento nas vias do município. O aditivo, que é de prazo, foi firmado no dia 13 de setembro de 2021, mas só foi publicado no Diário Oficial dos Municípios nesta segunda-feira (20).

O contrato entre a Prefeitura de Manaquiri e a empresa Costaplan Engenharia Ltda., cujo CNPJ é 07.228.748/0001-95, está na casa dos R$ 4.824.191,40. O contrato iniciou em 28 de maio de 2020, com previsão para durar oito meses, isso é, até 28 de janeiro de 2021.

No entanto, às portas do término do contrato e ainda no auge da segunda onda da pandemia de covid-19 no Amazonas, a prefeitura assinou um aditivo com a empresa pelo mesmo prazo (oito meses) para durar até o dia 23 de setembro de 2021. Finalmente, o segundo aditivo de prazo do contrato ficou em seis meses, para durar de 21 de setembro de 2021 a 20 de março de 2022.

Leia mais: MPF pede que Prefeitura de Manaquiri disponibilize dados da gestão na internet

Velha conhecida

A Costaplan Engenharia é uma velha conhecida das prefeituras do interior do Amazonas. Em janeiro de 2020, a empresa assinou contrato com a Prefeitura de Manaquiri para pavimentação de vias em Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ). O valor do contrato, na ocasião, ficou em R$ 5.025.157,30.

Em 9 de junho de 2020, a empresa foi contratada pelo município de Eirunepé também para pavimentação de ruas no município. Na ocasião, entretanto, a prefeitura pagou R$ 19.166.714,58, em extrato de contrato assinado pelo então prefeito em exercício, Raimundo Tomaz.

Ainda em junho de 2020, a Costaplan também firmou contrato com a Prefeitura do Careiro, para pavimentação de vias do município. O valor pago à empresa ficou na faixa dos R$ 4.861.153,70, e o serviço deveria durar 180 dias, conforme o extrato do contrato.

Leia mais: Prefeito Jair Souto deve adotar medidas para ‘controlar’ lixão de Manaquiri

Em setembro, outro contrato milionário foi assinado, todavia, desta vez, com a Prefeitura de Itacoatiara, também pelo serviço de recapeamento de vias; este, por sua vez, ficou na casa de R$ 20.029.563,18, pelo prazo de 12 meses.

Já em 2021, a Costaplan “se especializou” na construção de muros. Em julho, a Prefeitura de Borba renovou um contrato com a empresa, no valor de R$ 11 milhões, para erguer um muro de contenção da cidade. Na mesma esteira, o prefeito de Manacapuru, Beto D’Ângelo (Republicanos), fechou contrato com a Costaplan no valor de R$ 14 milhões, para a construção de um muro de contenção fluvial.

No dia 16 de agosto de 2021, a empresa firmou um contrato com a Prefeitura de Boa Vista do Ramos, também para a construção de um muro no valor de R$ 7.742.052,02, pelo prazo de um ano. Ao todo, a empresa receberia R$ 645,1 mil dos cofres públicos por mês.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap