Apoiadores de Bolsonaro se reúnem em Manaus para criação de novo partido

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

19 de setembro de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Apoiadores de Bolsonaro se reúnem em Manaus para criação de novo partido

De acordo com Josué Neto, o movimento já colheu 60% das 500 mil assinaturas necessárias em todo país para que o partido possa estar em pleno funcionamento.

Apoiadores de Bolsonaro se reúnem em Manaus para criação de novo partido
Simpatizantes e apoiadores de Bolsonaro estiveram na Aleam neste sábado para coletas de assinaturas da criação do partido Aliança pelo Brasil (Márcio Silva - Amazonas1)

Simpatizantes do presidente Jair Messias Bolsonaro realizam neste sábado, 25, o primeiro encontro de apoiadores do Aliança pelo Brasil no Amazonas, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), na avenida Mário Ypiranda. O evento começou a receber pessoas às 8h da manhã, mesmo debaixo de forte chuva, e pretende prosseguir com a programação até às 18h deste sábado. 

Saiba mais: ‘Um abraço nos homens e um beijo nas mulheres’, diz Bolsonaro em vídeo chamada
‘Não faço ideia de quem será o presidente estadual do Aliança pelo Brasil’, diz Menezes

O ato conta com a presença de personalidades políticas, como a do presidente da Casa Legislativa, deputado estadual Josué Neto, o Superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), coronel Alfredo Menezes, além de representantes de movimentos pró-Bolsonaro na capital, e visa colher no mínimo cinco mil assinaturas de apoio dos amazonenses neste sábado. 

Segundo Menezes, o encontro é o momento para que a população possa se unir para mudar o Brasil. “É um ato democrático para a criação do partido do presidente Bolsonaro. […] Você que é patriota, conservador, esse é o momento para nós somarmos juntos para mudar o Brasil. Aproveito a oportunidade para agradecer ao presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Josué Neto, pelo censo de homem público, de estadista, de ter aberto a casa do povo do Amazonas para que pudéssemos dar seguimento a esse movimento. Muito obrigado a todos e que Deus possa nos abençoar. Esse é um ano de mudança e que nós possamos, também, contribuir para as mudanças na nossa cidade”, destacou.

Alfredo Menezes, superintendente da Suframa; e Josué Neto, presidente da Aleam, ‘encabeçam’ movimento de apoiadores do presidente Bolsonaro no Amazonas (Foto: Márcio Silva / Amazonas1)

De acordo com o deputado Josué Neto, o movimento já colheu 60% das 500 mil assinaturas necessárias em todo país para que o partido possa estar em pleno funcionamento. Após o feito, o número precisa passar por uma validação da Justiça Eleitoral para a sigla ser totalmente legítima.

A expectativa em todo o Amazonas é colher o equivalente a 50 mil assinaturas. Ainda segundo Josué, a criação do partido é essencial para que Bolsonaro consiga filiar os seus aliados à sigla, na qual ele tenha o comando e continue a exercer seus projetos em prol do Brasil.

“Acredito que até o dia 10 ou no máximo 15 de fevereiro, esse número (de 500 mil) seja alcançado em todo o Brasil. Agradeço aos movimentos conservadores de direita que estiveram a frente desse evento, a minha função e a do coronel Menezes é apenas de dar o suporte, de participar e trocar ideias”, disse Josué. 

O parlamentar destacou que o espaço é aberto a todos os demais partidos e que no ano de 2019, a Assembleia chegou a ceder a casa 15 vezes para realização de eventos partidários, inclusive um do Partido do Trabalhadores (PT), ainda no mês de novembro.

“A Assembleia tem esse viés democrático, porque o parlamento é o berço da democracia. Os conservadores são democratas, dos bons costumes, da família, do cristianismo, do respeito. É por isso que se chama ‘conservador’ e é isso que nós estamos aqui hoje, fazendo o ‘chamamento’ a população de Manaus, do Amazonas, para ajudar o presidente Bolsonaro a criar o partido dele”, destacou.

O evento

Aos gritos de “mito, mito, mito”, em referência ao presidente Jair Messias Bolsonaro, o primeiro encontro de apoiadores do Aliança pelo Brasil iniciou neste sábado, no auditório Berlamino Lins, na Aleam.

O motivo da gritaria foi porque o coronel Alfredo Menezes fez uma vídeo chamada com Bolsonaro, que está na Índia em agenda política. Na ocasião, o presidente destacou a importância da criação da sigla.

Em seguida, continuando com a programação, foi cantado o Hino Nacional brasileiro e logo depois, o pastor Valter de Nazaré Pereira conduziu uma oração para dar início às palestras, que foram feitas pelo idealizador do movimento dos Advogados Pró-Bolsonaro Brasil no Amazonas, Paulo Maffioletti, e pelo professor de direito da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Bruno Cavalcanti. Ao longo do dia, o encontro deve ceder mais espaço para palestras, como as do Endireita Amazonas, com representante Felipe Silva, e as do Movimento Conservador do Amazonas, com o representante Sérgio Kruke, além manifestações espontâneas de apoiadores.

Um novo encontro deve acontecer no próximo sábado, também na Aleam, segundo Menezes.

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading