MENU

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Prefeituras do AM faturam mais de R$ 121 milhões em royalties na pandemia de 2021

Segundo a ANP, o pagamento de royalties para o Estado foi de R$ 83 milhões no acumulado do ano
Hellen Miranda – Portal AM1
• Publicado em 02 de julho de 2021 – 20:00
Foto: divulgação ANP

MANAUS (AM) – O repasse de royalties de petróleo e gás ao Amazonas mais que duplicou em 2021 na comparação com 2020. De acordo com dados da Agência Nacional de Petróleo (ANP), as 20 prefeituras que têm o repasse já receberam mais de R$ 121 milhões. No mesmo período do ano passado, foram repassados cerca de R$ 48,1 milhões, uma alta de mais de 70 milhões entre os períodos.

Coari é o município que mais “embolsou” com royalties por conta da produção de gás natural no Polo de Urucu. Até junho deste ano, com produção referente a abril, a cidade administrada interinamente por Dulce Menezes (MDB), já faturou cerca de R$ 45 milhões – uma média de R$ 7,5 milhões por cada mês. 

Leia mais: MP-AM vai apurar denúncia de nepotismo em Coari

Na sequência, aparecem os município de Iranduba, com R$ 4,7 milhões; Caapiranga, com R$ 4,4 milhões; Codajás, com R$ 4,3 milhões; Tefé, com R$ 2,9 milhões; Anori, com R$ 2,4 milhões e Anamã, com R$ 2 milhões. A capital Manaus recebeu pouco mais de R$ 2 milhões.

Mais municípios

Segundo a ANP, no caso das cidades de Autazes, Careiro da Várzea, Itacoatiara, Itapiranga, Parintins, Silves, Urucará e Uricurituba, foram repassados cerca de R$ 24,3 mil para cada uma. Já as prefeituras que receberam os menores valores são Beruri, Careiro e Manaquiri, que embolsaram apenas R$ 15,4 mil, cada; Manacapuru ficou com R$ 13 mil.

Estado

O pagamento de royalties para o Estado – no mês de junho – foi de R$ 132 milhões, valor referente à produção do mês de abril. No acumulado de 2020, R$ 83 milhões foram recebidos pelos cofres do Amazonas, uma expansão de quase 50 milhões.

O Amazonas continua sendo o quarto estado no País em arrecadação de royalties, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro ( R$ 3,7 bilhões), São Paulo ( R$ 408 milhões) e Espírito Santo ( R$ 350 milhões).

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap