Republicanos e MDB anunciam candidatos no último dia de convenções partidárias

O último dia de convenções partidárias terá como destaque os partidos Republicanos e MDB
Camila Duarte – Portal AM1
Publicado em 05/08/2022 04:03
Foto: Reprodução

Manaus – O último dia de convenções partidárias terá dois partidos dividindo o palco: Republicanos e MDB. Os eventos marcados para suceder na manhã desta sexta-feira (5) têm como destaque as candidaturas de Silas Câmara (PR) e de Eduardo Braga (MDB).

O evento que vai oficializar a candidatura de Eduardo Braga ao governo estadual, no entanto, vai contar com desfalques do PT no Amazonas. Apesar de ter recebido o apoio do ex-presidente Lula (PT), os candidatos e militantes de maior projeção do PT no cenário político local não estarão presentes.

O Portal AM1 procurou o deputado Sinésio Campos (PT) e o deputado federal Zé Ricardo (PT) para perguntar se eles vão comparecer ao evento que vai oficializar a candidatura de Eduardo Braga na corrida eleitoral pelo governo. A assessoria de Zé Ricardo afirmou que o deputado não estará em Manaus, já Sinésio não respondeu ao questionamento, e a assessoria do parlamentar apontou que não há nada marcado.

Leia mais: ‘Somos o único senador na coligação do governador’, alfineta Menezes em convenção do PL

Vale ressaltar que no último domingo (31), o vereador de Manaus e candidato a deputado federal, Sassá da Construção Civil (PT), afirmou ao Portal AM1 que Eduardo Braga não era bem-vindo. “A minha militância está solta e ele não é bem-vindo aqui. Pra [sic] começar, ele não conversou com ninguém, ele pode ser candidato dele mesmo!”, disse na ocasião.

Foto: Reprodução

O vereador ainda destacou que não vai se calar só por conta do apoio do ex-presidente Lula ao senador Eduardo Braga.

“Se quiser me expulsar do partido, que me expulse, eu tenho candidato a vice-presidente da República, tenho a federal, ao Senado e a estadual no Amazonas; mas quero dizer que golpista, aqui, não tem vez. Quero dizer que democracia, quando faz uma coisa errada, está errado!”, disparou.

Enquanto os políticos do PT se afastam dessa aliança, os candidatos do PCdoB se aproximam cada vez mais de Eduardo Braga. A assessoria de comunicação do partido pontuou que “todos estarão presentes junto com a nossa militância”.

Leia mais: Carro da equipe de Amom Mandel é alvo de atentado a tiros

Ao Portal AM1, o presidente do PCdoB, Eron Bezerra, afirmou que não houve polêmica para que a legenda apoiasse o candidato Eduardo Braga. Apesar disso, o presidente do partido ressaltou que ainda não concorda com o voto a favor do que ele classificou como “golpe” contra Dilma Rousseff. Na época, Eduardo Braga tinha rompido alianças com o PT e votou a favor do impeachment de Dilma, que estava sendo acusada pelo crime de improbidade administrativa.

“No PCdoB, isso não tem nenhuma polêmica. Aliança é uma coisa pontual para um objetivo, o nosso grande objetivo é derrotar a política atrasada, reacionária, fascista, autoritária que está correndo no Brasil e defender a democracia e liberdade”, explicou Eron Bezerra.

Leia mais: Plínio Valério revela que aliança entre Arthur e Amazonino está estremecida: ‘pegou pernada’

Partido Republicanos

O partido de Silas Câmara, incialmente, realizaria a convenção partidária junto ao partido do governador Wilson Lima, o União Brasil. No entanto, ainda nesta semana, a assessoria da legenda informou a mudança da data, local e horário.

Além de Câmara, outros nomes também serão apresentados como o ex-prefeito eleito duas vezes em Coari, Adail Filho; o vereador de Manaus, João Carlos. Também serão apresentadas as candidaturas do vereador Rodrigo Guedes, da deputada Mayara Pinheiro, do deputado João Luiz, da ex-secretária de Estado Mirtes Sales, do deputado Dermilson Chagas, e do vereador Capitão Carpê.

O Republicanos concorrerá com as chapas completas, 25 candidatos a deputado estadual, e 10 pré-candidatos a deputado federal. 

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS