Manaus, 19 de junho de 2024
×
Manaus, 19 de junho de 2024

Cidades

Sem organização, gripados e não gripados se aglomeram em Centro de Testagem da prefeitura

Com uma fila quilométrica, pessoas gripadas e não gripadas se aglomeram para conseguir realizar o teste de covid-19

Sem organização, gripados e não gripados se aglomeram em Centro de Testagem da prefeitura

Foto: Antônio Mendes / Portal AM1

Manaus, AM – A ideia da Prefeitura de Manaus de evitar o avanço da covid-19, oferecendo testagem rápida, teve uma alta procura na capital, mas faltou organização por parte da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que coordena a ação. Desde quarta-feira (12), a população tem enfrentado uma longa fila, além de precisar de aglomerar para realizar o teste. A situação não mudou nesta quinta-feira (13), e o serviço que já estava demorado, triplicou no que se refere à espera por atendimento.

O Centro de Testagem está montado no Studio 5 Centro de Convenções, na zona Sul da capital, e, desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira, a população se aglomera no local para conseguir realizar o teste. Sem orientações dos funcionários da prefeitura, as pessoas se amontoam entre gripados e não gripados.

Leia mais: Covid: cartórios registraram oito mortes de crianças desde o início da pandemia no AM

Foto: Emanuelle Pereira / Portal AM1

O teste rápido de antígeno é realizado na parte de dentro do Centro de Convenções, mas a fila chega até a avenida Rodrigo Otávio. Inclusive, por conta da falta de organização, idosos que têm direito à prioridade no atendimento precisam enfrentar a enorme fila para serem testados.

Enfrentando fila desde as primeiras horas da manhã, a Dona Adélia afirmou ao Portal Amazonas 1 que o local não possui uma boa estrutura para receber a população. “Eu cheguei bem cedo, eu já tenho uma idade avançada, meus cabelos brancos não representam nada, mas se fosse [sic] eles lá, o David Almeida não estaria nessa fila!”, disse.

Leia mais: Semsa renova pela 10ª vez negócio milionário com empresa contratada em 2016

Do lado de fora do local onde são realizados os testes, ela afirmou que falta coordenação para organizar a fila, ainda mais porque algumas pessoas estão gripadas e outras não: “Deveria ser bem melhor e, principalmente, o David quando for [sic] uma coisa dessas, deveria botar uma pessoa para coordenar, porque fica essa aglomeração de pessoas!”, disparou.

Foto: Emanuelle Pereira / Portal AM1

No primeiro dia em que foi aberto o centro, a testagem precisou ser encerrada duas horas antes do horário previsto, devido à falta de profissionais de saúde para atender a população. De acordo com o subsecretário de Gestão de Saúde, Djalma Pinheiro, a partir desta quinta-feira, mais enfermeiros e médicos seriam deslocados para o local a fim de atender a população.

Além da demora no local, não há cumprimento das medidas sanitárias para evitar a propagação da covid-19, como o uso correto da máscara. No local, também não há distanciamento entre as pessoas – o que pode aumentar ainda mais o contágio.

O Portal Amazonas 1 questionou a Semsa sobre a falta de organização e informação no local. No entanto, até a publicação desta matéria, a equipe de reportagem não obteve retorno.

Assista à reportagem:

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

fato