‘Azarão’ do PSDB, Arthur jura que não vai desistir de encarar Doria e Leite

Ex-prefeito de Manaus diz que quer ir até o fim na disputa; ele está competindo nas prévias contra Eduardo Leite (RS) e João Doria (SP)
Publicado em 18/10/2021 18:56

MANAUS, AM – O ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB) disse que vai até o fim do processo que vai definir o candidato do PSDB à Presidência da República. O ex-prefeito é um dos três pré-candidatos, junto com os governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

Arthur deu a declaração em seu perfil no Twitter na tarde do último domingo (17), acompanhado de um card de uma das suas falas em uma entrevista à Rádio Jovem Pan. No card, estão os dizeres “Estou concorrendo para ganhar. Fui criado no signo da luta e da busca incessante para a vitória”.

Leia mais: Arthur, Doria e Leite ‘duelam’ em debate por candidatura a presidente pelo PSDB

“Quando me perguntam se vou até o final do processo das prévias do @PSDBoficial, respondo com tranquilidade que sim, pois não tem nada na minha vida que eu tenha começado e não tenha terminado”, afirma.

O primeiro debate entre os três “candidatos a candidato oficial” acontecerá nesta terça-feira (19), às 10h da manhã no horário de Brasília. Ele será realizado pelo jornal O Globo (RJ), em parceria com o Valor Econômico.

Embora se apresente como um candidato viável e tendo a Amazônia como principal bandeira de campanha, Arthur ainda não é cotado, de fato, como candidato à Presidência pelo PSDB. O tucano é amigo pessoal de João Doria, que divide a disputa principal com Eduardo Leite, enquanto o manauara corre por fora para tentar ser “votável”.

No entanto, o que se comenta nos bastidores da política é que Arthur corre o risco de deixar a disputa das prévias para a Presidência somente para Doria e Eduardo Leite, e focar numa possível candidatura ao Senado pelo Amazonas, segundo o jornalista Ricardo Noblat. O tucano já foi representante do Amazonas no Senado, e caso se torne candidato à vaga, vai enfrentar o senador Omar Aziz (PSD-AM), dono da única cadeira que estará sendo disputada em 2022.

Recentemente, Arthur fez uma série de acusações contra Aziz, embora no passado, os dois tenham sido aliados. Em setembro, o ex-prefeito atacou o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia no Senado, dizendo que ele tinha cometido um crime ao vazar informações sigilosas. Aziz não deixou por pouco e processou o ex-prefeito por propagação de notícias falsas.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS