Avante confirma retirada da candidatura de Chico Preto ao Senado

A decisão veio após pressão da coligação composta também por União Brasil e PL, que já definiu o Coronel Alfredo Menezes (PL) como candidato ao cargo.
GABRIELA ALVES – PORTAL AM1
Publicado em 05/08/2022 11:11
Foto: Divulgação

Manaus – O Avante no Amazonas confirmou que o ex-vereador Chico Preto (Avante) não será mais candidato ao Senado, nesta sexta-feira (05). A decisão veio após pressão da coligação composta também por União Brasil e PL, que já definiu o Coronel Alfredo Menezes (PL) como candidato ao cargo.

A informação foi confirmada pelo secretário do partido Wagno Oliveira, e deve ser anunciada pelo prefeito David Almeida (Avante), que preside a sigla no Amazonas. Nas redes sociais, Chico Preto fez uma postagem que aponta para o recuo da candidatura.

Leia mais: Chico Preto afirma que mantém candidatura ao Senado: ‘não há retirada’

“Se não puder voar, corra. Se não puder correr, ande. Se não puder andar, rasteje, mas continue em frente de qualquer jeito. A alegria do Senhor e a tua confiança são o combustível para seguir em frente. É isso!”, escreveu.

O ex-vereador sustentou a pré-candidatura até o último minuto, mas agora, o Avante pôs fim a essa possibilidade. Chico pode, ainda, vir a ocupar um cargo em um possível segundo governo de Wilson Lima (UB).

Se por um lado Chico sai perdendo, por outro, David Almeida cumpriu sua parte no acordo com o governador ao manter o alinhamento com a coligação e, assim, garantiu o apoio do grupo político para as próximas eleições.

Pressão

Durante convenção partidária nesta quinta-feira (04), o presidente estadual do PL, Alfredo Nascimento, foi enfático ao dizer que não permitiria nenhuma candidatura majoritária, mesmo que isolada, de algum dos partidos da coligação.

Leia mais: ‘Ele é enxerido’, diz Chico Preto sobre Menezes em reunião com Lima e Bolsonaro

“O Partido Liberal historicamente é cumpridor de suas obrigações. Nós somos leais, eu sou um homem de partido, e não vou permitir, como presidente estadual do meu partido, que nenhum dos partidos que compõem a coligação tenham [sic] candidatos majoritários diferentes daqueles que compõem a chapa majoritária”, afirmou.

Menezes é o candidato do presidente Jair Bolsonaro (PL) no Amazonas. Para garantir o apoio do presidente, o Wilson Lima optou pela aliança com o coronel.

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS