MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Bolsonaro chama de ‘estarrecedora’ demissão de Alexandre Garcia

O jornalista teria defendido o uso de medicamentos sem eficácia comprovada no tratamento contra a covid-19 em comentário na emissora
Da Redação – Portal AM1*
• Publicado em 27 de setembro de 2021 – 15:38
Alexandre Garcia
Foto: Divulgação

BRASÍLIA, DF – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chamou de “estarrecedora” a demissão do jornalista Alexandre Garcia da CNN Brasil nesta segunda-feira (27). Garcia foi desligado da emissora na última sexta-feira (24), depois de ter criticado defendido uma suposta eficácia de medicamentos contra a covid-19.

Bolsonaro chamou a demissão de Garcia de “coisa absurda”, e perguntou “para onde estamos caminhando”. “Assistimos na semana passada algo estarrecedor. Uma grande rede de televisão, num quadro conhecido como Liberdade de Opinião, um famoso jornalista foi demitido por ter opinião. Não tem coisa mais absurda do que isso. Para onde estamos caminhando?”

O jornalista foi demitido após comentar no quadro Liberdade de Opinião, dentro do jornal Novo Dia, da própria emissora, que remédios sem eficácia comprovada teriam salvo milhares de vidas durante a pandemia do novo coronavírus. De fevereiro de 2020 a setembro de 2021, quase 600 mil brasileiros morreram vítimas da doença.

“Eficácia comprovada a gente só vai saber daqui a uns três anos. Agora, tudo é experimental. E enquanto é experimental, só o tempo dirá. Não existe teste de laboratório que supere o teste no ser humano. O ser humano está sendo testado numa nova doença, num novo tratamento, numa nova vacina, e que só vamos saber o resultado efetivo daqui a uns três anos”, apontou.

Leia mais: Após defender Bolsonaro ao vivo, Alexandre Garcia ameaça deixar a CNN Brasil

No fim da participação de Garcia, a âncora do telejornal, Elisa Veeck, defendeu a posição da CNN de que não existe tratamento precoce com qualquer medicamento contra a covid-19. “O que a ciência mostra é que a prevenção com uso de máscara e a vacinação são as únicas maneiras de combater a pandemia”.

(*) Com informações do Poder360.

Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap