Coronavírus: aeroportos transmitem mensagem da Anvisa a partir de hoje

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

2 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Coronavírus: aeroportos transmitem mensagem da Anvisa a partir de hoje

No alerta, a Anvisa orienta os passageiros que chegaram da China e estão com sintomas como febre e tosse a procurar uma unidade de saúde.

Coronavírus: aeroportos transmitem mensagem da Anvisa a partir de hoje
(Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)

Os aeroportos brasileiros começaram a divulgar a partir desta sexta-feira, 24, um alerta da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre o coronavírus. No alerta, uma mensagem de áudio de aproximadamente 1 minuto, a Anvisa orienta os passageiros que chegaram da China e estão com sintomas como febre e tosse a procurar uma unidade de saúde. Também são dadas orientações para evitar a transmissão de doenças.

Saiba mais: AM participa de webconferência do Ministério da Saúde sobre novo coronavírus

Ministério da Saúde afasta suspeita de casos de coronavírus no Brasil

Coronavírus pode ter sido disseminado por sopa de morcego

Total de mortos pelo coronavírus sobe para 25 na China

Suspeita de Coronavírus no Brasil, governo de MG investiga caso em BH

China: Novo coronavírus provocou 9 mortes e 440 estão infectados

Vírus de origem chinesa pode ter infectado mais de mil pessoas

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) confirmou que todos os aeroportos administrados por ela veicularão a mensagem. Segundo a Anvisa, os aeroportos concedidos à iniciativa privada também receberam o alerta sonoro e devem veiculá-lo. A agência se reuniu especificamente com representantes do aeroporto de Guarulhos, por tratar-se de um local com fluxo intenso de voos internacionais.

Nessa reunião, a Anvisa informou profissionais de empresas aéreas e de outros setores do aeroporto sobre a atual situação do coronavírus e sobre a definição do governo brasileiro, alinhada às orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) do que pode ser considerado um caso suspeito. Além disso, a agência abordou a intensificação nos procedimentos de limpeza e desinfecção dos terminais.

O coronavírus matou 26 pessoas na China e a doença chegou a outros países, como Japão , Tailândia e Coreia do Sul. Não há registros de que a doença tenha chegado ao Brasil. A fonte do vírus ainda é desconhecida, sendo possivelmente de uma reserva animal, e a extensão da transmissão entre humanos ainda não é clara.

Leia o alerta da Anvisa, veiculado nos aeroportos a partir de hoje:

“A Anvisa informa: se você tiver febre, tosse ou dificuldade para respirar dentro de um período de 14 dias após a viagem para a China, você deve procurar uma unidade de saúde mais próxima e informar a respeito da viagem. Se você tiver febre, tosse ou dificuldade para respirar tome medidas simples, que podem evitar a transmissão de doenças: lave as mãos frequentemente com água e sabão. Se não tiver água e sabão, use álcool em gel. Cubra o nariz e a boca com lenço descartável ao tossir ou espirrar. Descarte o lenço no lixo e lave as mãos. Evite aglomerações e ambientes fechados, procurando manter os ambientes ventilados. Não compartilhe objetos de uso pessoal como talheres, pratos, copos ou garrafas. Procure o serviço de saúde mais próximo”.

 

 

(*) Com informações da Agência Brasil

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias