Delegado Pablo tenta minimizar 'jogo duplo' no PSL e grava vídeo com Eduardo Bolsonaro

US - R$ 4,19

×

Delegado Pablo tenta minimizar ‘jogo duplo’ no PSL e grava vídeo com Eduardo Bolsonaro

Nos bastidores, deputado federal é apontado por estar apoiando Luciano Bivar, presidente nacional do PSL, em detrimento de Jair Bolsonaro, presidente do Brasil

Os dois deputados federais do PSL gravaram vídeo nesta terça-feira, 22 (Foto: Reprodução)

Um dia após a crise do Partido Social Liberal (PSL) atingir a legenda no Amazonas e ser chamado de “traidor” pelo empresário Romero Reis, o deputado federal Delegado Pablo Oliva (PSL-AM), publicou hoje, 22, em suas redes sociais, um vídeo ao lado do novo líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), direcionado para a população amazonense informando que “independente de qualquer ruído”, a caminhada ficará firme e forte e que eles estariam consolidando a trajetória do presidente Bolsonaro e das ações do governo federal no Estado.

Os deputados não deixaram explícito que o vídeo teria sido produzido motivado ao “racha do PSL”, mas Eduardo Bolsonaro disse que “nada do que está acontecendo vai alterar as convicções, nossas maneiras de votar, os projetos a serem aprovados e trabalhados”, e completou alegando que está tendo muito ‘burburinho’ e muita espuma, pois no final das contas eles seguem os mesmos.

No final, Eduardo falou que eles estariam ali juntos com as bandeiras defendidas por seu pai, Jair Bolsonaro, em apoio contra o aborto, o desarmamento e a favor da força de segurança pública. A publicação deste vídeo do Delegado Pablo em sua rede social está bloqueada para comentário, disponível apenas para seguidores autorizados.

Para a descrição de seu post o delegado intitulou como “FATOS, NÃO PALAVRAS (E MUITO MENOS ATAQUES)”, abordando  “Estratégia de desinformação: tática para influenciar a opinião pública em benefício próprio, por meio da divulgação de mentiras e factoides”, enumerando os motivos que levam a entender e acompanhar a opinião pública.

1. Uma enxurrada sem fonte segura;
2. A divulgação de inúmeras interpretações – muitas vezes contraditórias – sobre o mesmo fato;
3. As fake news divulgadas de maneira sensacionalista como se fossem verdade; e
4. A polarização rolando solta, promovida por quem procura palanque pra aparecer quando não tem trabalho para mostrar.

Em seguida o deputado completa: “Juntos, esses elementos criam um sistema incerto, uma política de desinformação, que tem na confusão das pessoas – a sua, possivelmente – um de seus muitos efeitos colaterais. Manchar a reputação de quem trabalha é triste, porém, mais triste ainda seria atacar de volta da mesma maneira”.

 

Veja o vídeo:

View this post on Instagram

FATOS, NÃO PALAVRAS (E MUITO MENOS ATAQUES). ⠀ Estratégia de desinformação: tática para influenciar a opinião pública em benefício próprio, por meio da divulgação de mentiras e factoides. ⠀ Hoje em dia, entender e acompanhar a opinião pública é mais difícil do que nunca graças a: 1. Uma enxurrada sem fonte segura; 2. A divulgação de inúmeras interpretações – muitas vezes contraditórias – sobre o mesmo fato; 3. As fake news divulgadas de maneira sensacionalista como se fossem verdade; e 4. A polarização rolando solta, promovida por quem procura palanque pra aparecer quando não tem trabalho para mostrar. ⠀ Juntos, esses elementos criam um sistema incerto, uma política de desinformação, que tem na confusão das pessoas – a sua, possivelmente – um de seus muitos efeitos colaterais. Manchar a reputação de quem trabalha é triste, porém, mais triste ainda seria atacar de volta da mesma maneira. ⠀ Freud já dizia que "o homem é dono do que cala e escravo do que fala", com aquele manjado exemplo de que quando João fala de Pedro, sei mais de João do que de Pedro. E a lógica é bem essa mesmo. ⠀ Quando em dúvida, USE O BOM SENSO. É mais que suficiente para não fazer papel de bobo. ⠀ Temos muito a fazer pelo Amazonas e pelo Brasil. E trabalho se mostra com resultados, não com mimimi ou rami-rami. ⠀ #DelegadoPABLO #DeputadoFEDERAL #AMIGOdoAMAZONAS #Verdade #Transparência #Justiça #ChegaDeFakeNews #Fakenews #Tolerância #ChegaDeViolência #PSL #Manaus #Amazonas #Brasil

A post shared by DELEGADO PABLO (@delegadopablo) on

Faça um comentário