Wilson Lima confirma que vai pagar 'atrasados' diretamente aos terceirizados

US - R$ 4,13

×

Wilson Lima confirma que vai pagar ‘atrasados’ diretamente aos terceirizados

Governador usou suas redes sociais para ratificar a decisão tomada neste sábado, entre PGE, MP-AM e MPT sobre os salários dos meses de novembro e dezembro, atrasados

Governador confirmou acordo em vídeo, publicado na noite deste domingo, 17, em suas redes sociais (Foto: Reprodução)

Em um vídeo publicado em suas redes sociais na noite deste domingo, 17, o governador Wilson Lima (PSC), confirmou o acordo feito neste sábado, 17, entre o governo do Estado e o Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde (Sindiprev), em que aceita a proposta dos terceirizados em pagar diretamente à categoria os valores dos salários pendentes referentes ao meses de outubro e novembro.

Em compromisso firmado com o Sindpriv, Wilson Lima disse que o governo já está fazendo um levantamento sobre os valores do piso salarial dos técnicos e enfermeiros terceirizados, dos outros meses do ano corrente que estão atrasados, para que eles também possam ser quitados. Após essa reunião os funcionários terceirizados prestadores de serviços em hospitais públicos de Manaus cancelaram a greve geral que seria deflagrada nesta segunda-feira, 18.

O acordo foi firmado entre a Procuradoria Geral do Estado (PGE), Ministério Público do Amazonas (MP-AM), e o Ministério Público do Trabalho (MPT), que irá intermediar a efetivação dos pagamentos dos referidos meses pendentes aos servidores terceirizados, que deverão apresentar os documentos necessários estabelecidos para que possam receber.

View this post on Instagram

GOVERNO EFETUARÁ PAGAMENTO DIRETO A TERCEIRIZADOS DA SAÚDE Trago uma boa notícia para os enfermeiros e técnicos de enfermagem terceirizados! Nós vamos pagar os salários de outubro e novembro de 2019 diretamente para vocês, sem intermediação das empresas. Também temos a previsão de pagamento de outras competências, a serem calculadas com base nas informações das folhas de pagamento. A decisão é fruto de um acordo fechado no sábado (16/11) entre a Procuradoria Geral do Estado, Ministérios Públicos do Estado e do Trabalho e o Sindicato dos Trabalhadores em Santas Casas, Entidades Filantrópicas Beneficentes e Religiosas e em Estabelecimento de Serviços de Saúde do Amazonas (Sindpriv). Temos o compromisso de melhorar a saúde e estamos trabalhando e muito para isso. #saudeAM

A post shared by Wilson Lima (@wilsonlimaam) on

Faça um comentário