Wilker Barreto aposta em voto de idosos para vencer segundo turno - Amazonas1
22 de janeiro de 2021
Site auditado pelo
Manaus
24oC  29oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Wilker Barreto aposta em voto de idosos para vencer segundo turno

Para Wilker, o percentual de abstenção também mudará o cenário desenhado pelas últimas pesquisas de intenções de votos no segundo turno

Wilker Barreto aposta em voto de idosos para vencer segundo turno
Foto: Marcio Silva/Portal AM1

Às vésperas da eleição de segundo turno neste domingo (29), o voto de pessoas idosas será decisivo para saber quem vai comandar a Prefeitura de Manaus. A avaliação e aposta é do candidato a vice-prefeito Wilker Barreto (Podemos), que acredita na votação do eleitorado grisalho em Amazonino Mendes. A declaração ocorreu durante entrevista concedida ao Portal AM1, nesta sexta-feira (27).

Para ele, o percentual de abstenção também mudará o cenário desenhado pelas últimas pesquisas de intenções de voto no segundo turno, que vêm apontando vantagem do candidato David Almeida (Avante) sobre o ex-governador Amazonino Mendes.

Em algumas, a vantagem de Almeida contra o ex-governador variava entre 8%, 9%, 10% e já chegou a 18 pontos percentuais. No entanto, o deputado não acredita no resultado dessas pesquisas e defende que os candidatos estariam, na verdade, empatados tecnicamente.

“Hoje, nós estamos em um empate técnico, o que vai decidir a eleição é o percentual de abstenção. Eu não tenho dúvidas que a terceira idade é um grande potencial muito mais para o lado de Amazonino”, projeta Barreto ao destacar que a Justiça Eleitoral reservou as primeiras horas de votação preferencialmente para os idosos.

“Houve uma grande confusão nesse sentido, pois teve muito idoso que achava que só poderia votar de 7h às 10h. Não, na verdade, é horário preferencial e de prioridade, mas ele poderá votar das 7h às 17h, normalmente!”, completou o candidato.

Imagem

Ainda durante a entrevista ao Portal AM1, Wilker Barreto também tentou “desconstruir” a imagem de Almeida, ao citar o debate desta semana, que acabou em confusão entre Almeida, Amazonino e seu marqueteiro, Marcos Martinelli. 

Questionado pela reportagem, se ele estaria agindo estrategicamente com esse intuito contra o adversário, Barreto negou. Segundo ele, nada teria sido orquestrado e diz que foi “sorte” do marquetiro que gravou o momento de “destempero” e “despreparo de quem não tem controle emocional.”

Leia mais: Primeiro debate entre Amazonino e David acaba em confusão

Preferência

Com 81 anos, o ex-governador é o mais idoso entre os candidatos nas capitais e tem preferência dos eleitores acima de 45 anos e mais de 60. Os dados foram compilados na pesquisa DMP/Tiradentes, indicando que Amazonino é o candidato preferido de pessoas com idade superior aos 60 anos, com 73% contra 15% de Almeida. 

Ainda em relação à faixa etária, o eleitorado de David se concentra entre jovens de 16 a 24 anos, tendo entre 52% das intenções de voto, enquanto que Amazonino tem uma média abaixo dos 30% entre os mais novos.

Leia mais: Pesquisa DMP aponta David com 8 pontos de vantagem sobre Amazonino

Abstenção

No último dia 15, a capital registrou um índice de abstenções de 18,23%, após apuração de todas as urnas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O número é superior ao do primeiro turno em 2016 (8,59%), vencido pelo prefeito Arthur Neto (PSDB).

Leia mais: Em Manaus, mais de 242 mil eleitores deixaram de votar no primeiro turno

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias

Loading