Manaus, 24 de abril de 2024
×
Manaus, 24 de abril de 2024

Cenário

Internautas criticam Joana Darc por ‘curtir’ em parque acusado de maltratar animais

Internautas alegaram que Joana fez um 'espetáculo' no caso da capivara 'Filó', mas 'pagou' para ver animais no parque americano.

Internautas criticam Joana Darc por ‘curtir’ em parque acusado de maltratar animais

(Fotos: Reprodução/Redes sociais)

Manaus (AM) – A deputada estadual Joana Darc (União Brasil) foi vista em um parque temático nos Estados Unidos, de acordo com imagens de um vídeo que repercutiu há alguns dias nas redes sociais.

Nas imagens, Joana está acompanhada por seu esposo e por seu primeiro filho, de três anos. Pelas imagens, a deputada, que ainda aparece grávida de sua segunda filha — e que nasceu há alguns dias —, ri alegremente ao ser abordada por um humorista no local.

Mas o que repercutiu nas redes sociais não é o fato de a parlamentar viajar em família e aproveitar sua licença-maternidade, e sim a questão de o local ser um parque que foi acusado de maltratar animais que são usados como atração.

O SeaWorld está localizado em Orlando, nos Estados Unidos, e é conhecido por apresentar animais marinhos como atrações ao vivo como arraias, tubarões, orcas, golfinhos e outros. O ingresso para visitar o local custa em torno de S$ 57,99 (equivalente a R$ 289,69) e S$ 109,99 (equivalente a R$ 551,57) dependendo do período.

Os internautas criticaram a parlamentar ao alegarem que Joana Darc fez um ‘espetáculo’ quando a capivara ‘Filó’ foi apreendida pelo IBAMA, em Manaus, no ano passado, alcançando comoção nacional. No entanto, segundo eles, a deputada ‘paga’ para assistir a espetáculo em outro país, num local onde os animais podem sofrer maus-tratos.

“Olha um animal preso, deixa eu pagar para entrar e ver”, comentou um internauta em tom de ironia. Outro até chegou a afirmar que a parlamentar estava ‘engando’ eleitores ao lutar pela causa animal. “Nos EUA não tem eleitor pra ela enganar”, disse.

(Foto: Reprodução/Redes sociais)

O Portal AM1 procurou a deputada e a questionou sobre o seu posicionamento sobre a questão de ela visitar um parque temático que usa animais como atrações. Até a publicação da matéria, no entanto, não houve resposta da parlamentar. O espaço continua aberto para futuros posicionamentos.

‘Caso Filó’

Em março de 2023, o influenciador Agenor Tupinambá divulgava vídeos com vários animais, entre eles, o de maior repercussão foi um no qual ele aparece com uma capivara chamada por ele de ‘Filó’. O animal teria sido dado a ele por seu primo, conforme relatou à época.

Com a repercussão dos vídeos, Agenor se tornou alvo do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que apreendeu a capivara e multou o influenciador. Comovida pela história de Agenor e a capivara, a deputada Joana Darc tomou as dores do tiktoker e mobilizou o Brasil para que o animal fosse devolvido ao influenciador.

Nesse período, a capivara já se encontrava sob a custódia do Ibama, quando Joana fez um escândalo em frente à base do instituto. Aos gritos, queria entrar a todo custo no local e levar a capivara de volta. Como os agentes não a deixavam passar pelo portão, a deputada jogou as chaves do local em uma área de mata e protagonizou cenas lamentáveis para uma representante política.

Toda a cena foi vista por milhares de internautas ao vivo e o nome da deputada repercutiu nacionalmente, e sobrou até para outra ativista da causa animal, Luisa Mell, que foi apontada como denunciante do caso ao Ibama.

Quanto ao seu p asseio no SeaWorld, os internautas parecem não ter gostado. Vale lembrar que Joana Darc foi uma das deputadas estaduais mais votadas da história da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), e a sua principal bandeira é a defesa pela causa animal.

LEIA MAIS: