Mutirão da 7ª Vara de Família encerra com mais de mil movimentações processuais | | Amazonas1

US - R$ 5,10

×

Mutirão da 7ª Vara de Família encerra com mais de mil movimentações processuais

Realizado no período de 22 a 26 de maio, esforço concentrado foi concluído com mais de 1.000 movimentações processuais, incluindo despachos, decisões e sentenças. (Foto: Raphael Alves / Arquivo TJAM)

A 7ª Vara da Família e Sucessões da Comarca de Manaus, que funciona no Fórum Ministro Henoch Reis, no Aleixo,  divulgou nesta sexta-feira (2) o balanço do primeiro mutirão processual realizado pela unidade judiciário neste ano. Com mais de mil movimentações processuais, o esforço concentrado, realizado entre os dias 22 e 26 de maio, resultou em 945 despachos, 95 sentenças proferidas, além de 50 decisões.

Para a juíza titular da 7ª Vara da Família e Sucessões, Cleonice Fernandes de Menezes Trigueiro, a iniciativa teve resultados satisfatórios. “O nosso propósito foi alcançado. Com este mutirão imprimimos celeridade às demandas e favorecemos consideravelmente o fluxo processual. Destacamos, o empenho de toda a equipe que dedicou-se para que os objetivos fossem alcançados”, afirmou a magistrada.

A juíza Cleonice Trigueiro ressaltou que, mediante autorização prévia da Corregedoria-Geral de Justiça (CGJ-TJAM), a 7ª Vara de Família pretende realizar novas edições do mutirão. “Sobretudo por conta dos indicadores alcançados nesta última edição, pretendemos realizar outros mutirões como forma de otimizar o trabalho de nossa unidade judicial, com foco nas metas nacionais do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e no atendimento eficaz aos jurisdicionados”, disse a juíza.

Conforme a direção de Secretaria da unidade judicial, 2.912 processos tramitam, atualmente, na 7ª Vara de Família, referentes a solicitação de guarda, questões alimentícias, reconhecimento de paternidade, direito de herança, dentre outras.

A direção de Secretaria acrescentou que, sob a condução da magistrada Cleonice Trigueiro, sete servidores e seis estagiários atuaram na semana do mutirão. Com a prévia aprovação da Corregedoria-Geral de Justiça, durante a ação, a 7ª Vara da Família funcionou das 8h às 11h com expediente interno, com foco no mutirão, e das 11h às 14h com o atendimento ao público externo.

Fonte: TJAM

Faça um comentário