Manaus, 13 de abril de 2024
×
Manaus, 13 de abril de 2024

Cenário

MP-AM denuncia vereador por corrupção passiva em Itacoatiara

Segundo o MP-AM, o emedebista tentou comprar por R$ 10 mil o voto da colega petista, para que ela fosse a favor da cassação de um outro vereador.

MP-AM denuncia vereador por corrupção passiva em Itacoatiara

(Fotos: Reprodução/Internet)

Itacoatiara (AM) – O vereador Jucinei Freire (MDB), mais conhecido como Ney Nobre, foi denunciado pelo Ministério Público do Amazonas por corrupção passiva ao oferecer vantagem indevida para a vereadora Maria Francelizia, em Itacoatiara (a 270 quilômetros de Manaus). Segundo o MP-AM, o emedebista tentou comprar por R$ 10 mil o voto da colega petista, para que ela fosse a favor da cassação do então parlamentar Robson Siqueira (PV), em 2021.

Além do dinheiro, ainda de acordo com o MP-AM, Ney Nobre ofereceu à vereadora o “acesso livre ao prefeito de Itacoatiara”, portas abertas ao Executivo municipal e a concessão de cargos. Segundo o órgão, o caso aconteceu no dia 20/09/2021, quando um assessor de Maria Francelizia recebeu uma ligação de Nobre.

Na ligação, é destacado que foi oferecida a vantagem financeira e marcado um encontro entre os políticos para que o parlamentar fizesse a proposta pessoalmente. Na época dos fatos, Robson Siqueira fazia oposição ao chefe do Executivo, o prefeito Mário Abrahim (PSC), e foi alvo de cassação.

“O encontro entre a vítima e o acusado fora presenciado pelo assessor da mesma, bem como fora juntada a gravação de áudio, além das imagens capturadas do aplicativo de mensagens que demonstram as evidências do crime perpetrado. Fora tudo isso, o réu ainda teria tentado uma manobra política, que teria resultado na troca de relatoria por parte da Presidência da Casa Legislativa”, diz trecho da denúncia.

“Por fim, a cassação solicitada como vantagem indevida teria sido obtida, mesmo tendo a vereadora Maria Francelizia denunciado a conduta ilícita do requerido. Nos autos investigatórios, o mesmo foi ouvido, negando a prática criminosa”, continuou o MP-AM.

Cassação em 2022

Em 2022, durante a 105ª Sessão Legislativa da Câmara Municipal de Itacoatiara, um pedido de cassação do mandato de Ney Nobre chegou a ser arquivado pelos vereadores. O motivo foi o mesmo da denúncia do Ministério Público: o parlamentar foi acusado de oferecer propina no valor de R$10 mil em troca de votos para cassar o então vereador Robson Siqueira (PV).

Em sessão conturbada, oito de 17 vereadores votaram sim para o arquivamento. Confira abaixo a lista de parlamentares que votaram contra e a favor da denúncia.

SIM

DANIEL MENDONÇA

NEGUINHO DA Z-13

NEY NOBRE

MARCOS RODRIGUES

RENATA TENORIO

RICHARDSON ARANHA

TOTTY ADIEL

WEMERSON BARRIGA

 

NÃO 

ARNOUD LUCAS

ARIALDO GUIMARÃES

MARIA FRANCELIZA

ROBSON SIQUEIRA

 

AUSENTE

BIB BARBOSA

SHEILA MOREIRA

GUTEMBERG BRITO

Veja a denúncia do MP-AM na íntegra:

 

LEIA MAIS: