Mulher pede divórcio do marido por 'amor exagerado e casamento sem brigas' | | Amazonas1
A + A -

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

4 de junho de 2020
Site auditado pelo

Redes Sociais

[email protected]

Mulher pede divórcio do marido por ‘amor exagerado e casamento sem brigas’

Homem alegou que queria ser o parceiro perfeito e pediu uma segunda chance ao tribunal, para se reconciliar com a mulher

Mulher pede divórcio do marido por ‘amor exagerado e casamento sem brigas’

Uma mulher, que pediu divórcio do marido, alegou à Justiça que há excesso de amor do companheiro e isso estaria lhe deixando ‘sufocada’. O caso inusitado foi levado ao tribunal religioso de sharia (lei estritamente islâmica), em Fujairah, Emirados Árabes.

De acordo com a esposa, em um ano de casamento, não houve brigas entre o casal e ao primeiro sinal de atrito, ele sempre a desculpa e a cobre de presentes.

“Estou sufocada por esse extremo afeto. Ele me ajuda até a fazer faxina em casa. Ele nunca grita comigo! Espero uma briga, mas isso é impossível com ele. Eu preciso de uma discussão de verdade”, reclamou ela, classificando o casamento como “um inferno”.

Veja também: Homem descobre que filho não é dele e exige cada centavo gasto com menino

Menina de 14 anos põe ovos igual galinha e surpreende equipe médica

Mulher de 85 anos e cinco idosos são presos por sexo grupal em parque

Homem morre ao ser esmagado por elevador em prédio de luxo; veja o vídeo

O marido apelou ao juiz admitindo sua “culpa” e o tribunal decidiu conceder um tempo para reconciliação. “Não é justo julgar um casamento apenas após um ano. Todos aprendem com os seus erros. Eu só quis ser um marido perfeito”, disse o homem ao pedir uma segunda chance.

(*) Com informações do Extra – Page Not Found

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias