‘Não sou petista’, declara Anitta ao desautorizar PT de usar sua imagem na eleição; veja post

Recentemente, a cantora declarou o voto no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Da Redação – Portal AM1
Publicado em 17/07/2022 14:10
Foto: Divulgação

A cantora Anitta usou suas redes sociais neste sábado (16), para desautorizar o Partido dos Trabalhadores (PT) a usar imagens dela em campanhas políticas da sigla neste ano, o que acarreta em divulgação do seu nome para promover a sigla.

Recentemente, a cantora declarou o voto no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que disputará o Palácio do Planalto pelo partido. Mas Anitta apelou para que os filiados ao PT separem as coisas.

Leia mais: Bolsonaro ironiza Anitta por pedir que Lula legalize a maconha: ‘é o limite!’

“Atenção candidatos do PT, atenção partido PT. Eu NÃO SOU uma apoiadora do PT e NÃO SOU petista. Não autorizo o uso da minha imagem para promover este partido e seus candidatos. Minha escolha nessas eleições foi de trazer engajamento e mídia para a pessoa que tem maior chances de vencer voldemort nessas eleições”, iniciou.

“Depois de muitas pesquisas a conclusão é de que essa pessoa é o Lula. E o que vou fazer daqui em diante é usar minhas plataformas no que eu puder ajudar para trazer mais visibilidade a ele com a propósito de não termos novamente voldemort na Presidência. Que isso fique bem claro”, reforçou.

Anitta também disse que ainda vai analisar os nomes que concorrerão a outros cargos eletivos, mas que a prioridade agora seria impedir a reeleição de Jair Bolsonaro (PL).

Leia mais: Após declarar voto em Lula, Anitta diz que Marina é sua ‘presidenta dos sonhos’

“Meus ideais políticos e as coisas que eu acredito ficaram para as próximas eleições. Este ano meu foco é fazer minha parte para não dar brecha a esse possível pesadelo de reeleição. NÃO USEM MEU NOME e minha imagem para promover a candidatura e o partido de vcs por q quem usar vai tomar logo um forão. E pode me xingar a vontade q eu ñ sou de ir junto com a manada não. Eu só faço o q eu quero a hora q eu quero. Depois vou estudar os candidatos a governador, deputados etc, e tirar minhas próprias conclusões”.

Veja a publicação:

*Com informações de Metrópoles

Compartilhar:
Acompanhe em tempo real por meio das nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

+ NOTÍCIAS