MENU
Logo Amazonas Um

Copyright © Portal Amazonas1. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.

Plínio sobe tom contra juiz que barrou obras na BR-319: ‘preconceituoso’

A suspensão das obras da rodovia foi justificada pela falta de licenciamento ambiental no processo licitatório
Hellen Miranda – Portal AM1
• Publicado em 02 de março de 2021 – 22:14
Foto: reprodução/Twitter

O senador Plínio Valério (PSDB) votou a criticar a decisão do juiz federal Rafael Paulo Pinto, que suspendeu as obras de recuperação de um trecho da BR-319. Desta vez, o parlamentar chamou a sentença preferida pelo magistrado do TRF-1 de “preconceituosa” e “insensível”.

A suspensão das obras da rodovia foi justificada pela falta de licenciamento ambiental no processo licitatório. A decisão atendeu ação movida pelo Ministério Público Federal (MPF).

Leia mais: Justiça barra obras em trecho da BR-319 por falta de licenciamento ambiental

“Mais uma vez estamos aqui para defender o estado do Amazonas contra decisões preconceituosas, desta vez de um juiz federal que ignora o sofrimento que nós estamos amazonenses estamos passando. Ainda estamos contado os nossos mortos e chorando por eles e, não sabemos quantos serão”, diz Plínio em um vídeo postado nas redes sociais, nesta terça-feira (2).

Na gravação, o senador destaca que a BR-319 é importante para a região, principalmente com a crise de oxigênio em Manaus no início deste ano. O vídeo também mostra caminhões atolados em parte do trajeto pela rodovia, que liga a capital amazonense com Porto Velho/RO.

“O mundo e o Brasil viram a tragédia da impossibilidade de chegar o comboio de oxigênio em Manaus. mas parece que ninguém se sensibilizou. A BR 319 não é só para escoar a Zona Franca, não é só por motivos econômicos, mas é também o resgate da dignidade de um povo que tem que ser respeitada”, afirma no vídeo.

Leia mais: Plínio e Braga destacam crise do oxigênio para condenar suspensão de obras da BR-319

Por fim, o parlamentar diz que atos similares ao do juiz federal contra o estado não podem ser mais tolerados e garante que vai “combater esse tipo de gente” em Brasília.

Publicidade

Publicidade

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap