Bancada evangélica pressiona e garante abertura de igrejas e templos

Denúncias, sugestão de matérias e outros assuntos

4 de julho de 2020
Site auditado pelo
Manaus
23oC  33oC
Buscar

Redes Sociais

[email protected]

Bancada evangélica pressiona e garante volta de igrejas e templos

Articulação de políticos da bancada evangélica do Amazonas conseguiu incluir a abertura de igrejas e templos no meio da pandemia

Bancada evangélica pressiona e garante volta de igrejas e templos
Foto: Facebook Igreja Universal Amazonas

Com o Amazonas chegando aos 32 mil casos positivos de covid-19 a bancada evangélica da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) conseguiu convencer o governador Wilson Lima (PSC) a abrir templos religiosos e igrejas no processo de abertura gradual do comércio a partir de 1º de junho.

Leia mais: Prefeito Zeca Torres decide abrir igrejas e templos em Boca do Acre

A informação foi dada pelo deputado Dr. Gomes (PSC) e referendada pelo deputado João Luiz (Republicanos).

João é pastor da Igreja Universal e também autor do projeto de lei que busca regulamentar a abertura de templos e igrejas no Amazonas em meio à pandemia de coronavírus. A principal determinação é que as igrejas e templos usem apenas 30% da sua capacidade de lotação com espaço, de pelo menos, uma cadeira entre os fiéis.

“Tenho absoluta certeza que isso (reabertura das igrejas) vai trazer muitos benefícios “, comentou João Luiz.

Leia mais: Assembleia aprova reabertura de igrejas com 8 mil casos de Covid-19 no Amazonas

“Falamos ao governador da necessidade de centenas de pastores que estavam querendo retornar suas atividades. Assim como bares, restaurantes e comércios que precisam retornar suas atividades. E hoje falei com o governador que disse que vai incluir na abertura gradativa e de modo ordenado a partir de 1º de junho o segmento das igrejas”, declarou Gomes.

Frente Parlamentar Evangélica

Outro a comemorar a informação foi o deputado federal e pastor Silas Câmara que, de quebra, pediu ainda que a data da liberação seja o próximo domingo, 31.

“Pois pra nós cristãos o domingo é o primeiro dia da semana, assim como, para o comércio é a segunda”.

No vídeo publicado pelo deputado ele diz que também os senadores Eduardo Braga (MDB) e Omar Aziz (PSD) também procuraram o governo para flexibilizar a abertura de templos e igrejas no Amazonas.

Nosso pleito foi ouvido!!!

Obtivemos RespostaMuito FELIZ e grato a DEUS e ao Governo do Amazonas que ouviu nossa reivindicação e atendeu respondendo que os TEMPLOS RELIGIOSOS entrarão na primeira etapa de abertura gradativa dos locais públicos, logicamente que orientado tecnicamente sobre quantidade e forma pra receber os fiéis e os que desejarem ir buscar a DEUS em um TEMPLO, agora nosso pedido é que seja próximo domingo dia 31/5, pois pra nós cristãos o domingo é o primeiro dia da semana, assim como, para o comércio é a segunda 1/6, o primeiro dia da semana. Vamos juntos obedecendo as orientações técnicas de saúde e voltar às CASAS DE ORAÇÃO, ORAR, ADORAR, AGRADECER e PEDIR a DEUS pelo BRASIL, AMAZONAS e pela CIDADE EM QUE MORAMOS com nossa FAMÍLIA e nosso POVO.

Posted by Silas Câmara 1010 on Wednesday, May 27, 2020

Amazonas1 TV

Publicado por Amazonas1

COMENTÁRIOS

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do portal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio ou poste spam.

Cadastre-se em nosso newsletter

E fique sempre informado com as últimas notícias