Manaus, 24 de maio de 2024
×
Manaus, 24 de maio de 2024

Cenário

Posse de nova presidência do TRE reúne rivais políticos no AM

Antes e até mesmo durante a solenidade, houve tapinhas nas costas e abraços regados de largos sorrisos entre adversários políticos.

Posse de nova presidência do TRE reúne rivais políticos no AM

(Fotos: Divulgação)

Manaus (AM) – Prestigiar a posse dos desembargadores João de Jesus Abdala Simões e Airton Luís Corrêa Gentil foi o argumento das diversas personalidades políticas na manhã desta segunda-feira (13) no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE/AM).

A cerimônia de posse ocorreu no auditório do Centro Administrativo José de Jesus F. Lopes, prédio anexo à Sede do Tribunal de Justiça do Amazonas, com a presença de grande número de autoridades civis e militares, servidores do TJAM e do TRE/AM, desembargadores aposentados, além de amigos e familiares dos dois magistrados.

Antes e até mesmo durante a solenidade, o que pôde ser visto foram os tapinhas nas costas e os abraços regados de largos sorrisos entre adversários políticos. Por exemplo, Eduardo Braga (MDB), que desde 2022 quer cassar o mandato do governador Wilson Lima (União Brasil), após ser derrotado nas urnas, saudou Wilson com abraços.

Quem também cortejou Wilson foi o prefeito David Almeida (Avante). O governador e o prefeito entraram em embate após Wilson, que é presidente do UB no Amazonas, declarar que lançaria candidato próprio pelo partido, e não mais apoiaria David Almeida, que o apoiou na reeleição.

Wilson rompeu com David para apadrinhar Roberto Cidade (União Brasil) na corrida pela Prefeitura de Manaus.

O vereador e presidente da Câmara Municipal de Manaus, Caio André (União Brasil), que se tornou oposição ao prefeito, também cumprimentou com amabilidade o prefeito de Manaus, que correspondeu com a mesma gentileza. O ex-governador José Melo também compareceu ao evento.

Posse

Tomaram posse como novos dirigentes do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE/AM) os desembargadores: João de Jesus Abdala Simões e Airton Luís Corrêa Gentil.

João Simões assume o cargo de presidente, e Airton Gentil os de vice-presidente e corregedor do TRE/AM, sucedendo o desembargador Manoel Jorge Lins e Carla Maria Santos dos Reis, cujos mandatos de dois anos nas respectivas funções encerraram-se neste mês de maio.

Cerimônia

A cerimônia foi iniciada sob a presidência da desembargadora Mirza Telma de Oliveira Cunha, que estava interinamente no cargo desde o último dia 09/05, em razão do fim do mandato de Jorge Lins (08). Após assinar o termo de posse, João Simões passou a conduzir os trabalhos da sessão solene, dando posse a Airton Gentil.

Após o discurso do governador Wilson Lima, a saudação aos novos dirigentes do TRE/AM foi feita pelo desembargador Cezar Luiz Bandiera, que é membro também da Corte Eleitoral. Bandiera, inclusive, estava interinamente respondendo pela vice-presidência e pela Corregedoria do órgão, desde a última quarta-feira (08), em razão do fim do mandato de Carla Reis, na terça-feira (07).

O desembargador destacou a trajetória de ambos os empossados, salientando que Simões teve importante papel na conquista do “Selo Ouro” e “Selo Diamante” pelo TRE/AM (em 2017 e 2019, respectivamente) e do “Selo Diamante”, pelo TJAM (em 2023), atuando como coordenador da Comissão de Acompanhamento das Metas Nacionais do CNJ.

“O desembargador João Simões é um exemplo de integridade, competência e dedicação ao serviço público. Sua contribuição ao Judiciário do Amazonas e para a sociedade como um todo é verdadeiramente admirável e digna de reconhecimento”, destacou Bandiera.

Sobre Airton Gentil, Bandiera destacou que a trajetória profissional dele tem sido marcada pela destreza e profissionalismo, trilhando um caminho de Justiça e equidade exemplarmente.

“Seu legado é um testemunho vivo do poder transformador de uma vida dedicada ao bem comum e à busca incessante pela Justiça”, disse Bandiera.

O voto

João Simões ocupa, pela segunda vez, a presidência do TRE/AM (já havia exercido o cargo no biênio 2018/2020) fez referência às eleições municipais deste ano, que ocorrerão em outubro, e ressaltou a importância do voto que moldará o futuro coletivo da nação, uma vez que vereadores e prefeitos são as autoridades públicas mais próximas do cidadão.

“Moramos nas cidades e os vereadores e prefeitos são aqueles que conhecem mais de perto as nossas necessidades, portanto, a nossa responsabilidade como eleitores é muito importante. É essencial reconhecer a importância do voto como instrumento de transformação e renovação. Cada eleitor detém o poder de definir os rumos de cada cidade amazonense e é nosso dever garantir que esse direito seja garantido de maneira consciente e informada”, afirmou João Simões.

 

Assista:

LEIA MAIS: