Manaus, 29 de maio de 2024
×
Manaus, 29 de maio de 2024

Cenário

Vereadores ‘saem no soco’ em confusão na Câmara de Ipixuna

Segundo testemunhas, a briga teria começado entre os vereadores Albecy Pereira e Edissandro Carvalho por haver discordância a respeito de um projeto de lei enviado pelo Executivo municipal.

Vereadores ‘saem no soco’ em confusão na Câmara de Ipixuna

(Fotos: Reprodução/Redes sociais)

Ipixuna (AM) – Uma confusão na Câmara Municipal de Ipixuna, interior do Amazonas, fez ao menos três parlamentares “saírem no soco” durante uma sessão no Plenário Nen Saraiva, na noite dessa segunda-feira (8). Imagens de vídeo divulgadas nas redes sociais mostram o momento em que os vereadores se agridem com ofensas e agressões físicas.

A cena lamentável dentro da repartição pública deixou a população revoltada, uma vez que os próprios representantes da Casa legislativa agiram contra tudo o que o Parlamento municipal condena.

De acordo com informações de uma fonte ao Portal AM1, em um dos vídeos, a mulher que está gravando é a vereadora Ane Silvério (PSD), que nas imagens, é ameaçada pelo vereador Albecy Pereira (MDB). Ela chegou a ser chamada de “vagabunda” pelo colega de bancada.

 

Motivação da briga

Segundo testemunhas, a briga teria começado entre Albecy Pereira e Edissandro Carvalho por haver discordância entre os parlamentares a respeito de um projeto de lei enviado pelo Executivo municipal, que cria a Secretaria de Patrimônio, aumento de salário dos conselheiros tutelares e, ainda, a criação do cargo de procurador-adjunto municipal, com salário de R$ 11 mil.

Edissandro teria sido agredido por Albecy e Elton Carvalho por votar contra ao projeto apresentado no Plenário, já que o mesmo atua como oposição à prefeita Maria Oliveira (PSDB). Após a confusão na Câmara, o episódio terminou com registro de Boletim de Ocorrência.

O Portal AM1 entrou em contato com os vereadores envolvidos no caso, mas nenhum quis se manifestar. O que se comenta nos bastidores é que os parlamentares preferem não falar sobre o assunto. Se houver posicionamentos após a publicação, a matéria será atualizada.

 

LEIA MAIS: